COPA DO MUNDO

Segurança nos estádios da Copa na Rússia

Rússia estima receber um público aproximado de 1,7 milhão de pessoas, nos 12 estádios

Entre os dias 14 de junho e 15 de julho a Rússia, país sede do campeonato mundial de seleções, estima receber um público aproximado de 1,7 milhão de pessoas, nos 12 estádios que serão palcos dos jogos da competição. Para garantir a segurança nestes ambientes, medidas relacionadas ao acompanhamento visual de todo espaço, podem ser fundamentais.

Hoje em dia, praticamente todos os equipamentos de câmera de segurança conseguem identificar em tempo real informações importantes e até mesmo ações suspeitas. Além disso, a tecnologia “IP”, permite encaminhamento das imagens para os órgãos responsáveis,  a partir de uma infraestrutura de redes para comunicação desses equipamentos com a capacidade de trafegar dados, voz e vídeo, utilizando fibra óptica, cabeamento metálico de rede ou radiofrequência (redes sem fio). Para que tudo isso seja possível, existe a integração de softwares de análise de vídeo em tempo real com as câmeras de alta definição que realiza a captura das imagens.

Abaixo algumas situações, em que a tecnologia destes equipamentos podem fazer a diferença na segurança de grandes eventos:

  • Análise das placas de carros no estacionamento, no qual alguns sistemas de vigilância já conseguem identificar veículos roubados e avisar às autoridades;
  • Detecção de objetos abandonados que podem apresentar risco, como explosivos deixados em ambientes de alta circulação de pessoas;
  • Identificação facial das pessoas que provocam brigas em estádios.

Para comentar sobre como a tecnologia pode ajudar a garantir a segurança nos estádios, o Instituto Mauá de Tecnologia coloca à disposição o coordenador do curso de Engenharia de Computação, o professor-doutor João Carlos Lopes Fernandes.

Sobre o Instituto Mauá de Tecnologia

O Instituto Mauá de Tecnologia – IMT promove o ensino científico-tecnológico, visando formar recursos humanos altamente qualificados. Há 56 anos, o IMT, com campi em São Paulo e São Caetano do Sul, mantém duas unidades: Centro Universitário e Centro de Pesquisas. O Centro Universitário oferece cursos de graduação em Administração, Design e Engenharia. Na pós-graduação, são oferecidos cursos de atualização, aperfeiçoamento, especialização (MBA) nas áreas de Gestão, Design e Engenharia. O Centro de Pesquisas, há 52 anos, desenvolve tecnologia para atender às necessidades da indústria e atua como importante elemento de ligação entre as empresas e a academia. 

Tags
Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close