CULTURA

Tambores irão rufar na Procissão dos Orixás na capital maranhense

A festa religiosa vai celebrar os 410 anos de fundação de São Luís

Como acontece há mais de cinco décadas, na quinta-feira(08), a partir das 16h30, centenas de pais, mães, filhos e filhas de santo de todo o Maranhão estarão concentrados em frente ao Palácio La Ravardière, sede da Prefeitura, para realizar a tradicional Procissão dos Orixás. O evento, promovido pela Federação de Umbanda e Culto Afro Brasileiro do Maranhão – Fucabma – com apoio da Prefeitura de São Luís, integra o calendário das atividades em comemoração ao aniversário da cidade.

A entidade é comandada pelo pai de santo Biné Santos, e tem como patrono o vereador e pai de santo Astro de Ogum, decano no parlamento ludovicense. A procissão tem como objetivo homenagear Dom Luís Rei de França, santo que deu nome à capital maranhense, e Nossa Senhora da Vitória, padroeira de São Luís.

Trajeto

Antes da saída do cortejo, ao som das caixeiras, integrantes de terreiros cantarão hinos louvando voduns, orixás e caboclos, como Oxalá e Iemanjá. Em seguida, os tambores da macumba rufarão para que os adeptos e simpatizantes mostrem a força da religião de matriz africana e, dançando, saudarão os 410 anos de fundação de São Luís.

Na frente, um grupo de crianças irá representar a corte imperial do Divino Espírito Santo. A caminhada vai percorrer a Rua dos Afogados, Rua do Egito, Rua da Palma até chegar ao Largo do Desterro.

Dentro da igreja haverá saudação à corte do Divino e as imagens de São Luís Rei de França, Santa Bárbara (Iansã), Iemanjá e São Sebastião (Oxóssi). Após a lavagem da escadaria da Igreja do Desterro, sob a proteção dos guias e orixás, os tambores e cabaças irão rufar.

Sempre presente

À frente da procissão estará o pai de santo Astro de Ogum. O vereador, que é filho de Oxumaré com a cabeça emprestada para Ogum, ratifica que o ritual é uma forma de realizar a limpeza espiritual da cidade.

“Há mais de 50 anos, essa obrigação faz parte da minha vida. O ato da lavagem da escadaria da Igreja do Desterro, uma das mais antigas da cidade, nos permite promover o congraçamento entre os cultos de matriz africana. Neste momento, somos movidos pela fé, pedindo paz, saúde e harmonia aos povos do mundo inteiro”, ressalta Astro de Ogum.

O vereador, que em parceria com a Fucabma coordena o evento há mais de duas décadas, afirma que com indumentárias a caráter e na sua grande maioria na cor branca, os presentes participarão do ato de fé e religiosidade. “O que nós queremos, a cada ano, é pedir saúde, paz e prosperidade para todas as pessoas, independente de religião, uma vez que a forma de chegar a Deus depende da escolha de cada um. Em 2022 aproveitamos, também, para pedir pelo fim do conflito na Europa que já decimou milhares de inocentes tanto na Rússia quanto na Croácia”, finalizou.

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!!!