ARTIGO

Um lugar hospitaleiro no litoral ribamarense

O município de São José de Ribamar-MA tem inúmeras belezas naturais

Distante a cerca de 30km, por terra, do Centro de São José de Ribamar, a Comunidade Quilombola Jussatuba ou Juçatuba é cheia belezas naturais e possui um povo hospitaleiro.

Apesar de o “ç” ser usado para todas as palavras de origem árabe, italiana, africana e indígena, a Fundação Palmares certificou em 2007 o nome Jussatuba com “ss”. Portando as duas grafias estão corretas. A mesma situação pode ser vista no caso de jussara ou juçara.

De acordo com represente da Associação Quilombola, professora Marinalva Monroe, o nome do local deriva de juçaral, pelo fato da região já ter possuído abundância de pés de juçara.

A história de Juçatuba começou ainda no período colonial, há cerca de 300 anos. No local, havia escravos que foram abandonados pelo dono, que precisou voltar para Portugal. Com sede, eles procuram água e encontraram um juçaral cortados por rios. Neste lugar, eles iniciaram uma vila.

A população começou a crescer após a chegada de um padre, que foi enviando ao povoado para as Santa Missões. Ao chegar na comunidade, o padre se apaixonou por uma preta que ali vivia. Ele retorno para Portugal, renunciou o celibato e voltou para Juçatuba, onde se casou e formou a maior família da região, a Garcês Monroe.

A comunidade foi certificada como quilombo em 16 de maio de 2007. O pedido para a certificação nasceu após uma pesquisa realizada por Marinalva Monroe. Além de ser habitadas por descendentes de escravos, a forma que a língua portuguesa é empregada na região foi uma das justificativa para o pedido de certificação. Até hoje, a principal atividade econômica do povoado é a pesca e agricultura.

“Durante as pesquisas para o trabalho de conclusão do curso de Letras, na UEMA, percebi que nossa comunidade merecia ser reconhecida como quilombo, por causas das diferenças das comunidades vizinhas. Além de outras coisas que já habilitavam a certificação, aqui, o português é falado mais acelerado, o que traz enorme diferença em relação aos outros povos de nossa cidade”, argumentou a professora Marinalva.

Juçatuba também é conhecida por suas belezas naturais. Quem é fã de aventura e do contado com a natureza pode desfrutar das vistas paradisíacas das praias Unicamp, Recanto, Moça, Prazeres e Aribual. Durante a semana, essas praias ficam quase que desertas.

As belezas do quilombo atraíram o empresário Leopoldo Neto, de 81 anos, que vive há 40 no Maranhão e 27 anos destes em Juçatuba. Ele é dono de uma pousada e restaurante na Praia da Unicamp em não pretende deixar o local.

“Aqui tudo me emociona, mas acordar todos os dias e ver a luz do sol refletida nas águas do mar, não tem preço. Conheci este lugar, amo viver aqui e não vou sair daqui jamais. A minha vida é um espetáculo”, conta.

Além do paraíso natural, a forma de vida e o sorriso no rosto dos pescadores, agricultores e empresários faz com que Juçatuba seja uma localidade única em São José de Ribamar.

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo