PERSONALIDADE

Vereadoras de São Luís comemoram os 89 anos da conquista do voto feminino no Brasil

A Câmara possui 5 vereadoras eleitas e 3 có-vereadoras que fazem parte do Coletivo Nós

Nesta quarta-feira (24), comemora-se o Dia da Conquista do voto feminino no Brasil. O voto feminino resultou de um longo processo de luta pela participação das mulheres na política. No Brasil, as mulheres passaram a ter o direito de votar a partir de 24 de fevereiro de 1932. Desde o século 19, no entanto, ocorreram movimentos a favor da ampliação do direito de voto às camadas sociais excluídas.

Apesar dos avanços quanto ao voto, a luta das mulheres por igualdade de direitos ainda é atual e se reflete nos espaços de poder, onde os homens ocupam a maioria absoluta dos cargos, até hoje. Elas representam quase 53% de todo o eleitorado brasileiro, mas, ainda assim, são a minoria nos cargos eletivos.

Sobre os 89 anos dessa importante conquista das mulheres brasileiras, as vereadoras da Câmara Municipal de São Luís – a quarta mais antiga do país, se manifestaram a respeito.

“É um dia de reflexão da importância do voto e o espaço da mulher na sociedade. Hoje, na Câmara somos apenas 16% ocupando este papel. As mulheres vêm de uma história de muita luta e resistência, porém, ainda precisamos avançar. Na época, a luta não era só pelo voto, mas também por direito e igualdade”, disse Flávia Almeida, co-vereadora do Coletivo Nós (PT).

Para a também co-vereadora do Coletivo Nós (PT), Raimunda Oliveira, é preciso superar todas as formas de opressão para, assim, garantir o respeito e a valorização das mulheres.

“Com o voto, vieram outras conquistas. Porém, é preciso garantir o respeito e a valorização da mulher. Em São Luís, cerca de 58% da população é formada pelas mulheres, que ainda vivenciam a violação de seus direitos, constantemente. A mulher, além de eleitora, é mãe, chefe de família e profissional”, disse Raimunda.

Por sua vez, a vereadora Karla Sarney (PSD) observou que, apesar da conquista do direito ao voto, é preciso que as mulheres avancem ainda mais na política.

“O atual papel da mulher, na sociedade, foi sendo constituído por conquistas como essa do voto feminino. Há oitenta e nove anos, conquistamos esse direito, através de lutas. Eu vejo que, cada vez mais, estamos avançando, ampliando nosso espaço na sociedade. Inclusive, na Câmara de São Luís, somos cinco mulheres, cada uma com sua peculiaridade, mas, com o mesmo objetivo de conquistar o nosso espaço”, afirmou Karla.

Já a vereadora Rosana da Saúde (Republicanos), disse que a luta das mulheres pela conquista de mais direitos, não pode parar.

“Hoje é um dia memorável para as cidadãs do Brasil. O direito ao voto é uma conquista de todas nós, mulheres. Não vamos parar com essa luta pelo exercício da nossa cidadania. Temos a maioria eleitoral e podemos escolher nossos representantes”, pontuou.

Legisladoras ludovicenses – Integram a 20° Legislatura da Câmara Municipal de São Luís, iniciada no dia 1° deste ano, as vereadoras eleitas: Karla Sarney (PSD) e Rosana da Saúde (Republicanos), que ocupam, respectivamente, a quarta e a quinta secretaria da Mesa Diretora da Casa; Silvana Noely (PTB); e as co-vereadoras do Coletivo Nós (PT), Maria Raimunda Oliveira, Flávia Almeida e Eunice Costa. Foram reeleitas para o segundo mandato, Concita Pinto e Fátima Araújo, ambas do PCdoB.

Por Dalvana Mendes

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo