TRANSPORTE

VLT de Castelo foi abandonado por Edivaldo Júnior

O veículo leve sobre trilhos comprado às vésperas da eleição de 2012

Na gestão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior, dinheiro público é tratado com desprezo. Mesmo com o caos no transporte público coletivo de São Luís, o VLT comprado por João Castelo em 2012, acabou virando exemplo de desperdício do dinheiro público.

Passados mais de 7 anos da aquisição do VLT, o transporte continua abandonado em um galpão da grande ilha. O prefeito gasta dinheiro público com o pagamento de aluguel para guardar o veículo, mas não traça um projeto para colocar em funcionamento, um veículo comprado com dinheiro público e que será deteriorado pelo tempo.

O VLT tinha tinha dois objetivos: um era fazer o povo votar em Castelo nas eleições de 2012 e o outro seria atender 200 mil pessoas por dia, caso tivesse funcionando.

Abandonado desde janeiro de 2013, o VLT nunca transportou ninguém a lugar nenhum, a não ser em sua viagem inaugural, onde percorreu pouco mais de 500 metros com passageiros cheio de esperança pela inclusão de um novo sistema de transporte na cidade. Pura ilusão e decepção para os ludovicenses até hoje.

O veículo encontra-se estragando cheio de ferrugem dentro de um galpão, dando prejuízos ao erário público por sua manutenção, se é que está sendo realizado. O resultado será mais dinheiro publico jogado fora por Castelo e Edivaldo Holanda Júnior.

O projeto previa que fossem construídos 13 quilômetros de trilhos ligando a região central de São Luís à área Itaqui-Bacanga, que é uma das regiões mais populosa da cidade. Mas apenas 800 metros foram colocados. A obra consumiu quase R$ 8 milhões dos cofres públicos e ficou como se nada estivesse acontecido. O Ministério Público não se manifesta sobre o assunto.

O que se ver hoje é deplorável, onde boa parte dos dormentes usados para fazer os trilhos já desapareceram e os trilhos que foram colocados já não se ver mais.

Enfim, uma obra que além tirar milhões do bolso dos ludovicenses, tirou a esperança de dias melhores para a mobilidade de milhares de pessoas que aguardavam um novo serviço e uma alternativa para o transporte público de São Luís.

Que tal se alguém pudesse falar para Edivaldo Holanda Júnior que o dinheiro jogado fora com esse tal VLT é do povo.

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close