ECONOMIA

Voluntários do Movimento Mangue Sem Lixo realizam o replantio do mangue

Para Filipe, a experiência vai ser levada como aprendizado para outras ações dessa natureza

Os voluntários do “Movimento Mangue Sem Lixo” realizaram neste final de semana, na comunidade de Mojó, no município de Paço do Lumiar, o replantio da vegetação do mangue atingida pelo excesso de lixos em suas raízes.

Os registros é do morador da região e fotógrafo por paixão, Filipe Vieira. “Essa foi, na verdade, minha primeira experiência com fotografia envolvendo pessoas e natureza”. Para Filipe, a experiência vai ser levada como aprendizado. “Para mim foi um aprendizado e tanto, revisei as fotos depois e já tive algumas sacadas para a próxima vez”.

O “Movimento Mangue Sem Lixo” é uma iniciativa da Organização Não-Governamental (ONG) Arte-Mojó, da Associação de Trabalhadores Rurais de Mojó e Montanha Russa, Sítio Jiboia, Associação Ambiental Orla Viva e Quinta do Azulejador, com apoio do Núcleo de Gestão Socioambiental do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) e da Prefeitura de Paço do Lumiar.

As atividades de catação do lixo do mangue acontecem uma vez por mês. A iniciativa conta com a participação de voluntários e entidades.

Os interessados em ser voluntários ou contribuir com doação de máscaras, luvas e sacos de lixo (de preferência biodegradáveis) para realização do referido evento, poderão entrar em contato com os organizadores pelo número 99118-3377, redes sociais @ongartemojo ou pelo e-mail: artemojo@hotmail.com.

Fonte: Ascom Ong Arte Mojó

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo