ALCÂNTARA

Alcântara já está há 10 dias sem registro de casos positivos da Covid-19

Os teste estão sendo realizados no Hospital Dr Neto Guterres, mas os resultados são negativos

Há exatos 10 dias ou mais precisamente 240 horas, o município de Alcântara não regista casos positivos da Covid-19. A Secretaria Municipal de Saúde mantém os testes para quem chega ao hospital Dr Neto Guterres com sintomas, mas os resultados mostram uma queda nos casos em Alcântara.

O resultado é fruto das medidas tomadas pela Prefeitura de Alcântara, através da Secretaria Municipal de Saúde com o apoio das demais secretarias. Obedecendo todas as medidas sanitárias, decretos municipais foram publicados, restringindo várias atividades, deixando apenas os serviços essenciais, além de fazer o rodízio de veículos a cidade, e evitar entrada de turistas via baía de São Marcos através do transporte de barcos. Todos os decretos foram baseado às normas da OMS e aos decretos estadual.

Nenhuma descrição de foto disponível.

Com a retomada de algumas atividades no município, a Secretaria Municipal de Saúde continua pedindo aos alcantarenses que use máscara para evitar a proliferação do novo coronavírus em Alcântara.

O empenho dos profissionais de saúde que permanecem na linha de frente no combate ao novo coronavírus, fez com que Alcântara seja hoje um dos municípios maranhenses que esteja com a ala reservada para tratamento de Covid-19 totalmente vazia há mais de 30 dias. Até os  leitos de retaguarda estão vazios e município de Alcântara não tem nenhum paciente transferido internado em São Luís.

A Prefeitura de Alcântara investiu em testes de exames e medicamentos para o tratamento de quem foi diagnosticado com Covid-19. O município tem apenas 2 casos ativos em monitoramento que irão sair do isolamento nos próximos dias. Os resultados são esses, Alcântara a caminho de zerar os casos de Covid.

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo