POLÍTICA

Aliada de Aluísio Mendes é alvo investigação

Mariana Carvalho é acusada de possível propaganda eleitoral antecipada

A Procuradoria Regional Eleitoral do Maranhão instaurou um procedimento preparatório eleitoral contra a presidente do Partido Social Cristão (PSC) em Imperatriz, Mariana Carvalho.

Aliada do deputado federal Aluísio Mendes, líder do PSC no Maranhão, Mariana Carvalho seria responsável pela colocação de um outdoor onde ela aparece ao lado do presidente da República, Jair Bolsonaro (PL) na cidade de Imperatriz.

Segundo o MPE, os fatos apontam suposta propaganda eleitoral antecipada em período proibido pela Justiça Eleitoral, uma vez que Mariana Carvalho é pré-candidata a deputado federal.

Segundo a Justiça Eleitoral, é vedada a propaganda eleitoral mediante outdoors sujeitando-se a empresa responsável, os partidos, as coligações e os candidatos à imediata retirada da propaganda irregular e ao pagamento de multa no valor de R$ 5.000,00 e R$ 15.000,00.

Por Folha do Maranhão

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!!!