TRÂNSITO

Alô Flávio Dino: MA-212 que Liga Palmeirandia a São Bento está intrafegável

Mesmo sendo uma estrada com extensão curta, Flávio Dino abandonou a via estadual

Nas redes sociais o governador Flávio Dino tenta se mostrar um gestor bom, e se oferece até para recuperar as Estradas Federais, de responsabilidade de Bolsonaro. Só que no mundo real, Flávio Dino não consegue fazer o básico, recuperar as estradas estaduais de sua responsabilidade.

 

Na região da Baixada Maranhense, a MA 212, trecho da estrada que liga Palmeirândia a São Bento está pedindo socorro há quase um ano. Depois das chuvas, motoristas que passam pelo local correm risco de assalto, já que as crateras são enormes e Flávio Dino sequer se pronuncia sobre o descaso.

O outro trecho da estrada entre Peri Mirim e Palmeirândia, também está a Deus dará, mesmo sendo de responsabilidade de Flávio Dino. A MA-106 que liga o Porto de Cujupe-Alcântara a Pinheiro está um verdadeiro caos, mesmo tendo recebido um tapa buracos em 2020, trabalho realizado todos os anos, mas que não resolve o problema, já que a empresa licitada por Flávio Dino faz apenas uma maquiagem estética.

Pela importância das estradas da Baixada, Flávio Dino deveria dar mais importância, ao invés de oferecer mão de obra para fazer serviços de responsabilidade de Bolsonaro. A hipocrisia do governador do Maranhão é tão grande, que a psicose pode atrapalhar seu futuro político.

A MA-212 que liga a cidade de Palmeirandia, além de encurtar distância, movimenta a econômica do município, facilitando o escoamento da produção de Palmeirândia para os municípios de Peri-Mirim e São Bento. Talvez após esta matéria, Flávio Dino esqueça Bolsonaro e lembre que aquela população também faça parte do Maranhão.

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo