BEQUIMÃO

Bequimão-MA: Após vereador ameaçar tocar fogo em ponte de madeira, uma semana depois a ponte foi queimada

Alan Fábio (Sassá) proferiu a ameaça durante sessão ordinária da Câmara Municipal de Bequimão no último dia 21 de outubro. Está registrado na ata da sessão

O vereador de Bequimão, Alan Fábio (Sassá), pisou na bola ao usar do experiente durante sessão ordinária da Câmara Municipal no último dia 21 de outubro para dizer que iria tocar fogo na ponte de madeira que liga os povoados Santa Vitória e Floresta, e que dá acesso a mais 10 povoados da região. A fala de Sassá está registrada nos anais da Casa Legislativa através da ata da sessão. O G7 teve acesso com exclusividade ao relato. Veja na íntegra a ata abaixo.

Por ser uma autoridade constituída, eleita pelo povo, a fala de Sassá acabou incentivando outras pessoas a cometerem o crime. O certo mesmo é que uma semana depois da ameaça do parlamentar, a ponte apareceu queimada. Coincidência?

O crime contra o patrimônio público precisa ser registrado na Polícia Civil, já que a população aguarda uma resposta das autoridades policiais, para de fato saber quem são os responsáveis pela queima da referida ponte na zona rural de Bequimao.

As declarações do vereador Sassá na Tribuna da Câmara, ameaçando tocar fogo na ponte caso ela não fosse reformada pela Prefeitura de Bequimão, podem ter despertado a intuição maligna de criminosos da região, que talvez, possivelmente aproveitaram a fala infeliz do parlamentar, para cometer o crime, sabendo que a população possivelmente desconfiaria do vereador. Infelizmente o fato foi consolidado, mas precisa ser investigado e esclarecido pela Polícia Civil. Infelizmente Sassá irá carregar por muito tempo essa desconfiança da população. Esse é o preço de falar bobagem em plenário de parlamento.

PONTE NOVA E MODERNA

Procuramos a prefeitura de Bequimão e a gestão nos confirmou que a ponte destruída no povoado Santa Vitória, já estava em processo licitatório, para sua construção de aço e concreto, um desejo do prefeito João Martins desde que iniciou sua gestão, e que a obra já havia se tornado de conhecimento público.

A gestão confirmou também que é um compromisso do prefeito João Martins até o final de seu governo, substituir todas as pontes de madeira, sejam elas na sede, como o caso da ponte na barragem do bairro Estiva que já foi substituída, ou na zona rural do município.

A prefeitura de Bequimão, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Urbanismo, informou ao Portal G7, que desde a posse do prefeito João Martins, a gestão montou um cronograma de construção e mudanças das pontes de madeira por bueiros ou pontes de concreto. O serviço está sedo realizado de acordo com as condições financeiras da gestão.

Segundo a Prefeitura, a iniciativa do poder executivo tem como objetivo dar fim a uma das principais deficiências das comunidades na zona rural de Bequimao, que frequentemente sofrem com o enfraquecimento e destruição das pontes de madeira. O que é natural. Para o Chefe do Executivo, queimar e destruir é crime. E isso, não pode ser aceito.

OUTROS CRIMES DESSA NATUREZA EM BEQUIMÃO

Atos criminosos colocam a população em grande perigo. Quem não lembra da morte criminosa do Líder Comunitário Carlos Alberto em 2020, vítima após um incêndio criminoso que destruiu a ponte que dava acesso a comunidade de Ariquipá. Ações que precisam e merecem ser investigadas pela Polícia Civil, para evitar novas tragédias.

RESPONDA SE SOUBER:

Quem queimou a ponte que liga os povoados Santa Vitória e Flores? Se souber, basta denunciar a Polícia Civil.

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo