POLÍTICA

Após ser enganado por Carlos Brandão, Ivaldo Rodrigues retorna ao PDT

O ex-vereador de São Luís anuncia apoio a Weverton para governador do Maranhão

A fila para conseguir um Passa Porte e retornar ao projeto #MaranhãoMaisFeliz começou a andar nesta quinta-feira (02/06). O primeiro a desembarcar no PDT foi um velho conhecido do partido, que acabou sendo enganado por Carlos Brandão e resolveu voltar à casa onde sempre foi valorizado. Ivaldo Rodrigues está de volta ao PDT após 18 meses sendo usado pelo Palácio dos Leões.

O então secretário-adjunto de Agricultura Familiar, Ivaldo Rodrigues, reconheceu que foi usado em 2021 para alavancar o nome de Brandão e desvalorizado dentro do grupo brandonista. Após perceber que seu valor vai além da visão de aproveitadores, o Pedetista Orgânico entregou o cargo e anunciou seu retorno ao grupo de Weverton Rocha.

O movimento político foi motivado por conta da postura do governador Carlos Brandão, que além de trair e enganar Ivaldo com promessas que não seriam cumpridas, fez o ex-vereador se tornar um dos mais motivados em seu governo, até descobrir que estaria sendo usado e enganado.

ENTENDA O CASO

Em 2020, contra a decisão do seu partido, PDT, Ivaldo Rodrigues declarou apoio a Duarte Júnior na disputa do segundo turno das eleições em São Luís. Na época, Carlos Brandão teria sido o responsável por costurar o apoio e teria prometido ao ex-vereador de São Luís, um espaço no governo.

No ano de 2021, Ivaldo Rodrigues assumiu a secretaria-adjunta de Agricultura Familiar (SAF) com a promessa de ascender a titularidade em 2022, quando Rodrigo Lago, titular da pasta, deixasse o cargo para disputar a eleição de deputado estadual. Rodrigo Lago deixou a pasta em abril, mas Carlos Brandão colocou Ivaldo na geladeira do Palácio dos Leões.

Ao longo de 2021 e 2022, Ivaldo Rodrigues foi um dos mais combatentes e engajados políticos na pré-campanha de Carlos Brandão pelo interior do Maranhão. Mas em troca, recebeu o desprezo, a desvalorização e o desrespeito pela história de quem realmente faz história por onde passa.

Como pagamento grego, Ivaldo foi exonerado da função de secretário adjunto de Agricultura Familiar. Mas para manter a enganação, Carlos Brandão teria prometido que Ivaldo assumiria a Agerp. Mas a promessa teve poucos dias de validade. Depois prometeram o Turismo para Ivaldo. Por fim, Fufuca foi quem deu abrigo a Ivaldo Rodrigues e ele retornou a secretaria adjunta da SAF.

E o pior de tudo isso, é que Carlos Brandão começa a colher os frutos da sua ingratidão e sua traição com aqueles que sempre estiveram ao seu lado. Para piorar, muitos já conseguiram o Passa Porte e devem seguir o mesmo caminho de Ivaldo Rodrigues. Brandão deve se manter como governador somente até dezembro deste ano, como até seus aliados já reconhecem.

Ivaldo Rodrigues foi recebido de braços abertos pelo ex-partido e pelos vereadores do PDT, que se mostraram muito felizes pelo retorno. Em seu pronunciamento, Ivaldo disse que era o momento de esquecer o que passou e pensar para frente.

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!!!