SAÚDE

Beatriz Cunha visita Posto de Saúde abandonado na zona rural de Guimarães-MA

A jovem parlamentar vimarense montou uma agenda para percorrer todas as comunidades

A vereador de Guimarães-MA, Beatriz Cunha (PSC), iniciou sua agenda de visitas que vai percorrer às Comunidades. No último dia 19 de maio, a jovem parlamentar esteve na Comunidade de São João, zona rural de Guimarães.

Segundo Beatriz descreveu em suas redes sociais, ela recebeu diversas denúncias de moradores da comunidade, acerca do estado em que o Posto de Saúde se encontra. “Vejam nas imagens, o abandono do Posto de Saúde, havia muitas fezes de morcego no interior do prédio, assim como maribondos. É possível perceber, que o posto não oferece nenhum conforto para os pacientes, não há indícios de equipamentos básicos para o funcionamento”, descreveu a vereadora vimarense.

De acordo com a postagem de Beatriz Cunha, é necessário efetuar uma limpeza no interior e também no exterior do prédio. “Vejam nas fotos e vídeos, o estado precário que o Posto de Saúde se encontra. Após a visita, recebi informações dos moradores, que a Prefeitura de Guimarães, realizou serviços de limpeza no interior do posto”, enfatizou a parlamentar, que tem sido uma pedra no sapato do prefeito Osvaldo Gomes.

Em outro trecho de nua nota, Beatriz mostra que foi eleita e está a serviço do povo de Guimarães. “Novamente, evidencio, que medidas paliativas são necessárias, mas não são suficientes! É imprescindível ter planejamento, interesse e estratégias, para que o Posto de Saúde esteja em funcionamento pleno, atendendo à comunidade local de forma efetiva, e não só, de forma pontual”, finalizou Beatriz Cunha.

Segundo a vereadora, a comunidade de São João, está esquecida pelo poder público municipal. São muitas as dificuldades que os moradores enfrentam, e de acordo com a parlamentar é preciso lutar por melhorias para essas pessoas.

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo