ELEIÇÕES

BEQUIMÃO-MA: Conheça a história de vida do vereador Amarildo Paixão

Filho de família humilde, Amarildo Paixão venceu na vida com muita luta, dedicação e trabalho

Nascido em 25 de maio de 1962, no povoado Muricinzal, zona rural de Bequimão, Amarildo Paixão (43.789), vem de uma família humilde

 

, mas muito trabalhadora. Filho de Valdemar Paixão, ou seu Ademar como era conhecido em Bequimão e de Maria de Jesus Estrela Paixão ou simplesmente dona Cotinha, como era carinhosamente chamada por amigos e familiares, Amarildo é uma referência de homem íntegro, honesto e fiel ás suas convicções políticas e partidárias.

Pai de 4 filhos (Leonan Paixão – fisioterapeuta, Raul Paixão – engenheiro civil, Amarildo Jr – Oficial da Polícia Militar e Camila Paixão – advogada), Amarildo Paixão é casado com Maria Isabel Ferreira Paixão há 31 anos.

Sua carreira política foi iniciada no ano 2.000. Com 4 mandatos de vereador, Amarildo Paixão (43.789) vai em busca do quinto mandato para a Câmara Municipal de Bequimão. Em 2017 ele foi eleito presidente da Câmara, e administrou a Casa Legislativa Municipal até dezembro de 2018, onde fez a melhor gestão de todos os tempos.

Funcionário público de carreira da Funasa há 33 anos, Amarildo Paixão tem relevantes serviços prestados a sociedade bequimãoense. Como vereador de Bequimão, Amarildo sempre foi um parlamentar de destaque, e os mandatos são a prova do reconhecimento da população a seu trabalho realizado no município. Apaixonado por Bequimão, Amarildo nunca deixou sua terra e sempre esteve pronto para servir seu povo, seja como funcionário da Funasa ou como vereador.

Para Amarildo Paixão a política é uma oportunidade que ele tem para ajudar, modificar e melhorar a vida das pessoas através das políticas públicas e sociais. Como vereador, Amarildo sempre votou a favor da população na Câmara Municipal, sua bandeira sempre foi trabalhar pelos mais carentes do município, haja vista que ele conhece muito bem essa realidade.

Perguntado pelo Portal G7 como ele se considera, Amarildo foi categórico ao afirmar que se considera um bom filho, bom pai, um bom marido, amigo, respeitador, político honesto e fiel ao seu grupo político, e acima de tudo um bom cidadão.

Amarildo Paixão escreveu sua história como presidente da Câmara e agora por ser um dos poucos ex-presidentes de Câmara que consegue ser candidato na eleição seguinte ao mandato sem complicações de prestação de contas, por ter feito uma gestão responsável e transparente.

Todo esse histórico positivo é resultado dos ensinamentos de seu pai Ademar, que foi um trabalhador honesto, fez um pouco de tudo para poder criar seus 9 filhos. Foi um homem polivalente, onde atuou como lavrador, comerciante e vaqueiro, um exemplo a ser seguido, deixando um legado que percorre gerações dentro da família.

Quem conhece a história de vida, política, familiar e profissional de Amarildo Paixão, vota 43.789.

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo