PINHEIRO

Câmara Municipal de Pinheiro vai torrar mais de R$ 400 mil com material de expediente

A Casa do Povo de Pinheiro tem histórico de torrar dinheiro público até com papel higiênico

Vereadores da oposição denunciam mais um absurdo da presidência da Câmara Municipal de Pinheiro-MA. Uma licitação para compra de material de expediente foi realizada pela Câmara, mas o valor é escandaloso para a realidade que o Brasil passa com a pandemia. Segundo o Diário Oficial o presidente vai torar mais de R$ 400.000.00 mil reais.

Os vereador foram além, e denunciaram aos órgãos competentes, ao pedirem que seja feita uma investigação nos gastos de combustíveis e de material de expediente dos últimos anos na Câmara Municipal.

Segundo as denúncias, além da Rampa que custou mais de R$ 100.000.00 mil reais, a compra de papel higiênico chamou a atenção dos vereadores e da população de Pinheiro. De acordo com os denunciantes a Câmara gastou R$ 410.000.00 mil reais, uma média de mais de R$ 30.000.00 mil reais comprando papel, material de limpeza e servindo café e suco, em duas sessões por semana.

Por Paulinho Castro

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo