ALCÂNTARA

Criança nasce no Terminal do Porto de Cujupe

A grávida voltava de São Luís quando a bolsa estourou no Porto de Cujupe

O terminal do Porto de Cujupe foi modernizado, mas esqueceram de implantar um posto de primeiros socorros com enfermeiros, médico socorrista, maka, ambulância e equipamentos para em caso de urgência, um paciente receber os primeiros socorros. Na manhã desta sexta-feira (18), Valdilene Marques Araújo, de 25 anos, entrou em trabalho de parto no terminal do porto de Cujupe, no município de Alcântara. A parturiente é natural da cidade de Central do Maranhão e voltava da capital maranhense.

A mulher que estava na capital, São Luís e retornava para sua cidade natal, ao desembarcar do Ferry Boat no terminal do Cujupe, teve sua bolsa amniótica rompida e entrou em trabalho de parto. Com a ajuda de um técnico de enfermagem que presta serviço na Empresa Maxtec, identificado como Renilson, a parturiente foi removida para um local adequado onde foi prestado os primeiros socorros.

A criança nasceu sem complicações,  o CTA foi acionado, juntamente com os paramédicos, aonde foi feita a remoção da mesma para um hospital de emergência de São Luís.

Por Vandoval Rodrigues

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close