NOTÍCIAS

Debate na Globo: Guilherme Boulos foi o melhor da noite

Álvaro Dias foi o pior, enquanto Bolsonaro não compareceu e Bonner estava todo atrapalhado

O debate do primeiro turno na Rede Globo nesta quinta feira (04) foi o último a ser realizado antes das elições. Por ser o último debate – e o mais importante – é o debate que pode ser considerado o divisor de águas na reta final de uma eleição, devido a força da rede de televisão e sua preferência pelo público há anos.

Com isso, os candidatos costumam ser mais enfáticos e incisivos em suas falas para tentar puxar votos de última hora. No entanto, grande parte do eleitorado geralmente já teve tempo de decidir em quem votar e o debate não surte tanto efeito. Ainda assim, trata-se da definição de uma eleição no primeiro turno.

Entre os candidatos mais bem preparados em termos de oratória e defesa de ideias, Guilherme Boulos (PSOL) se saiu muito bem, chegando a utilizar seu tempo para declarar-se firmemente contrário a ditadura, defendendo pontos como a moradia e contra o sistema político. Fernando Haddad (PT) mostrou-se mais firme e combativo do que nos debates anteriores, melhorando sua postura serena característica de sua personalidade. Ciro Gomes mostrou-se mais a vontade e menos agressivo em suas perguntas a Haddad, aproveitando seu tempo para atacar Jair Bolsonaro (PSL) que naquele exato momento estava dando entrevista para a rede Record. Inclusive Ciro aproveitou bem seu momento para injetar humor e até utilizar os erros do apresentador William Bonner para se favorecer.

Geraldo Alckmin (PSDB) tentou polarizar o debate entre o PT e Bolsonaro, ao passo que Marina Silva (REDE) utilizou da mesma estratégia. Henrique Meirelles (MDB) mostrou-se cansativo e com dificuldades de concluir o raciocínio devido sua cadência de fala lenta.

Mas na falta de Cabo Daciolo (Patriota), a piada da noite foi Álvaro Dias (Podemos) com seu tom debochado, sempre utilizando Alckmin como escada para seus ataques a Haddad. E quando havia oportunidade, partia para o tudo ou nada contra Haddad chegando a receber, de forma contundente, uma resposta curta e grossa de Haddad sobre seu comportamento estranho e caricato.

Entre os destaques da noite estão o debate propositivo feito entre Boulos, Haddad e Ciro, que demonstravam mais domínio de suas propostas e com discordâncias respeitosas.

Debates propositivos e conhecimento são tudo que o eleitor precisa, pois está banhado em fake news.

 

Mostre mais

Aquiman Costa

Graduado em Comunicação Social - Jornalismo (2015) e Pós-Graduado em Assessoria de Comunicação (2018), ambos pela Faculdade Estácio de São Luís.

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!!!