JUSTÍÇA

Empresário acusado de matar a esposa sai da cadeia após 7 meses preso

Crime aconteceu em abril deste ano na cidade de Dom Pedro-MA e o acusado foi preso em Vargem Grande-MA

O empresário Rony Veras Nogueira, de 41 anos, acusado de matar a sua esposa, Ianca Vale do Amaral, de 26 anos, na cidade de Dom Pedro, foi solto após sete meses preso na Unidade Prisional de Pedrinhas, em São Luís. De acordo com informações de familiares de Ianca Amaral, Rony foi posto em liberdade, fazendo apenas o uso de tornozeleira eletrônica.

Nas redes sociais uma das irmãs de Ianca fez um apelo à justiça e disse “como assim? a gente nunca teve paz, são 7 meses de muita luta pra ter mantido ele lá por esse tempo! Foram dias de angústia, a gente tinha tanto medo de ele sair, e agora está saindo pra viver uma vida normal como se nada tivesse acontecido” disse Lília Vale.

O assassinato de Ianca

O crime aconteceu na noite do dia 30 de abril deste ano. De acordo com a delegada Renata Lins, que está à frente das investigações, o crime foi motivado por ciúmes. O casal discutiu em casa e em seguida, a vítima foi alvejada com tiros na perna, na cabeça, tórax e no braço. Ianca Vale não resistiu aos ferimentos e morreu ainda no local.

Após o crime, Rony Veras se escondeu em um dos cômodos da casa até a chegada da Polícia Militar. O empresário conseguiu fugir pelos fundos da residência. Ianca Vale e Rony Veras haviam se casado em 2021. Juntos, eles tem uma filha, de um ano. O assassino é proprietário de um posto de combustível e uma churrascaria na cidade de Dom Pedro.

Por Gilberto Lima

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo