BRASIL

Faltando remédio nos hospitais e UPAS, Governo Brandão vai torrar R$ 3,4 milhões com decoração

Secretário Tiago Fernandes, irmão do deputado Pedro Lucas Fernandes e filho do prefeito Pedro Fernandes vai gastar só com balões e flores R$175 mil reais

No Maranhão é assim: falta remédio, materiais básicos nos hospitais e UPAS, mas não falta dinheiro para gastar com coisas estranhas. O secretário de Saúde no governo Carlos Brandão, advogado Tiago Fernandes, irmão do deputado federal Pedro Lucas Fernandes e filho do prefeito Pedro Fernandes, amigo de Luís Fernando Silva,  quer gastar R$ 3,4 milhões com decoração os eventos promovidos pela Secretaria de Saúde do Maranhão.

Do montante, segundo ata publicada em 22 de junho, a SES pretende gastar R$ 76,5 mil em balões. Com arranjos e flores para plenárias, o gasto previsto é de mais de R$ 175 mil. Enquanto maranhenses aguardam meses para conseguir um remédio na farmácia básica, o governo do Estado gastando dinheiro com decorações, como se estivesse sobrando dinheiro nos cofres.

Dentre os itens, chama atenção o custo da água mineral. São dez mil “copinhos” no valor de R$ 2,50 cada. Enquanto isso, a unidade no supermercado custa pouco menos de R$0,75 centavos. Um absurdo e o Ministério Público se mantém de olhos fechados com tanto desperdício de dinheiro público. Onde está o Tribunal de Contas do Estado? Veja a ata com os valores absurdos.

Com brunch, coffee-break, garrafas de café, junk food e toalhas de mesa, o pregão eletrônico prevê gastos de meio milhão de reais pelos próximos doze meses. O maranhense com dificuldade para comprar uma Dipirona e o governo gastando dinheiro com festas e decorações.

Por Marrapá

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!!!