BABADO DA SEMANA

Flávio Dino é contra decreto de Bolsonaro que autoriza Construção Civil, mas mantém obra da ponte Bequimão/Central funcionando

Operários da obra de construção da ponte Bequimão/Central podem tornar o local foco perigoso da Covid-18

Há quase 2 meses o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), vem publicando decretos que autorizam apenas funcionamento de atividades essenciais no Maranhão. Mas a obra de construção da ponte Bequimão/Central, que iniciou em setembro de 2016 (ficando parada por meses) e já se arrasta a quase 4 anos, continua funcionando e reúne dezenas de operários, o que pode ser trágico para a saúde pública, já que a aglomeração é grande e maioria dorme em casa e se desloca para a obra de ônibus.

De acordo com informações a obra reúne trabalhadores de várias cidades e recebe carretas com material de outros estados, o que coloca a vida dos operários em risco por causa da pandemia do novo coronavírus. Segundo a fonte, poucos operários ficam no alojamento localizado no canteiro da obra, grande parte vai todos os dias para para casa e volta no dia seguinte.

Nossa fonte ainda afirmou, que os profissionais de saúde do município de Bequimão estão indo visitar o canteiro da obra constantemente levando orientações de combate a proliferação da Covid-19 de acordo com o decreto municipal. Mesmo assim, o perigo ronda na obra, e caso alguém seja infectado, muitas famílias também correm perigo.

A pergunta que fica é: a obra de construção da ponte Bequimão/Central é um serviço essencial no momento em que o Maranhão atravessa pela pandemia com milhares de infectados no estado? Qual motivo leva o governador Flávio Dino não suspender os serviços da obra, já que não é essencial? Será que Flávio Dino quer agradar o dono da construtora? Como pode ser contra o decreto de Jair Bolsonaro que autoriza construção civil, se mantém uma obra em funcionamento pleno com dezenas de operários?

É hora de praticar e sair da teoria, já que os embates nas redes sociais vão de encontro com as ideias do presidente Jair Bolsonaro. Se realmente a vida é mais importante que um emprego para Flávio Dino, tá passando da hora de suspender a obra da ponte Bequimão/Central.

Com a palavra o governador Flávio Dino e o secretário de Infraestrutura Clayton Noleto.

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close