POLÍCIA

Funcionário do Mateus morre vítima de assalto em ônibus em São Luís

A vítima, segundo populares, teria reagido durante um assalto no bairro Pedrinhas

Um homem, identificado como Wellington Rosa da Silva, de 39 anos, foi morto a tiros vítima de um assalto em um ônibus coletivo da Linha Coqueiro, na tarde desta quinta-feira (19), na BR-135, no bairro Pedrinhas, zona rural de São Luís.

Wellington, que era funcionário da rede de Supermercados Mateus, estava no ônibus da faz a linha Coqueiro, na zona rural de São Luís, e voltava para casa, na Vila Samara.

Ele reagiu ao assalto e acabou sendo baleado no abdômen. Houve gritaria e tumulto dentro do coletivo, que estava lotado. Alguns passageiros ainda foram ao posto da PRF em busca de socorro.

Por alguns instantes, o passageiro baleado ficou estirado no corredor do ônibus, à espera de socorro. Diante da demora, os próprios passageiros resolveram socorrê-lo.

Wellington foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Maracanã, mas, mas não resistiu e morreu. Como ele não sangrou após ser baleado, suspeita-se ele teve hemorragia interna.

Após a ação criminosa, o assaltante fugiu com a arma em punho. Guarnições da PM estão realizando incursões na região para tentar prender o criminoso.

Wellington é a segunda vítima de assalto a ônibus em menos de 48 horas, em São Luís.  No início da tarde dessa quarta-feira (18), Regina Rodrigues França, de 39 anos, se jogou do ônibus que faz a linha Paranã/São Francisco, durante um assalto na MA-201, Estrada de Ribamar, em frente à garagem da empresa Taguatur. Ela morreu em consequência de traumatismo craniano. Os bandidos foram presos na área do Recanto Verde, nas proximidades do local do assalto.

Outro assalto a ônibus, registrado na noite dessa quarta-feira (18), na Avenida Guajajaras, resultou em ferimentos no motorista, que reagiu e foi esfaqueado pelo assaltante. Ele foi levado ao Socorrão 2 e liberado no fim da noite.

Por Gilberto Lima

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!!!