BABADO DA SEMANA

Governo Flávio Dino estaria atrasando verba de veículos de Comunicação?

Segundo circula nos bastidores, Ricardo Capelli estaria atrasando verba publicitária de rádios e TV's

Parece que a maré não está pra peixes no Palácio dos Leões nos últimos 90 dias. Após pressionar donos e diretores de rádios para tirarem profissionais do ar por criticarem o governo Flávio Dino, o secretário de Comunicação Ricardo Capelli não estaria cumprindo com o prometido e passou a atrasar o pagamento da verba publicitária de emissoras de rádio e televisão, segundo fontes do G7.

Segundo fontes do Portal G7, empresas como Sistema Difusora e Sistema Mirante de Comunicação estão por um fio para romper com o Palácio dos Leões por falta de pagamento. De acordo com a fonte, na Mirante o rompimento ainda teria sido oficializado por conta do contrato da Seduc com a TV Mirante canal 10.2, onde Felipe Camarão teria pedido para Fernando Sarney segurar mais uns dias, que a parte dele seria cumprida.

Já de acordo com nossas fontes, no Sistema Difusora através de seus diretores executivos, teria reunido os funcionários e explicado que o rompimento com o governo Flávio Dino estaria por um fio. Segundo relato, os diretores deixaram bem claro que o projeto do Sistema Difusora é sobreviver de parcerias privadas, sem depender de amarrações com grupos políticos, sendo governo ou oposição.

MUDANÇAS COM RICARDO CAPELLI

Segundo circula nos bastidores, Capelli teria cortado toda verba da imprensa digital (blogues e portais), alegado que não tinha retorno e passado a divulgar em um novo plano midiático as ações do governo em rádios, televisão, jornais e revistas. A saga de visitações nas emissoras durou dias, prometendo ouro em pó e agora não consegue cumprir, segundo fontes.

De acordo com fontes de dentro do Palácio dos Leões, o governo já gastou a verba de publicidade de 2021 e agora está fazendo média visando 20222, na famosa fase de suplementação, onde o governo suplementa, quando cair dinheiro em caixa, as emissoras recebem.

Sem a imprensa digital maranhense que colocou Flávio Dino no poder em 2014 e atrasando o pagamento das emissoras de rádio e televisão, o governo Dino passou a levar taca até da imprensa nacional.

Nesta segunda-feira (20), a TV Mirante, que mostrava só o filé do governo Dino, mostrou a falta de remédios na farmácia popular, além de outras denúncias graves, mostrando nas entrelinhas que acabou a paciência.

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo