EMPREGOS

Grupo Pão de Açúcar será concorrente do Grupo Mateus no Maranhão

A empresa do sudeste do Brasil prepara abertura de lojas no Estado do Maranhão

Brigar com os mais fracos é fácil, difícil mesmo é enfrentar um adversário mais forte e competitivo. Desde que expandiu sua empresa no Maranhão o Grupo Mateus sempre teve fortes padrinhos na gestao pública do estado. Primeiro era Roseana Sarney e agora Flávio Dino. A reza foi tão forte que o empresário Ilson Mateus tem a marca de sua empresa estampada até em velórios, construção de cemitérios, briga de cachorro, jogo de peteca, reforma de catatumba, aniversário de jumento e pintura de presídio.

Com a chegada do Grupo Pão de Açúcar no Maranhão, o monopólio do Grupo Mateus no ramo de supermercados pode chegar ao fim, já que a lei criada por Flávio Dino para beneficiar única e exclusivamente Ilson Mateus, também beneficiará o Grupo Pão de Açúcar. A empresa do sudeste do Brasil voltou a anunciar que planeja expandir seus negócios em diversos estados, dentre eles, o Maranhão. A ideia é colocar em operação ainda esse ano a rede de supermercados Assaí, que já está presente em oito estados do nordeste e no total em 18 unidades federativas do país.

Executivos do Grupo Pão de Açúcar estiveram no Maranhão e reuniram com a Fecomércio, onde foi anunciado o desejo de iniciar as operações no estado. A primeira unidade seria instalada no prédio da antiga Dalcar, na Avenida Jerônino de Albuquerque, no bairro do Calhau. Mas Ilson Mateus se antecipou e alugou os dois prédios que estavam fechados da antiga revendedora da General Motors.

Para especialistas em investimentos, seria mais fácil o Grupo Pão de Açúcar adquirir as lojas do Supermercado Maciel, que enfrenta grave crise financeira e está fechando em vários bairros.Os pontos são enormes e facilitaria a vida dos clientes que são acostumados a frequentar o local.

DIFERENÇA ENTRE MATEUS X PÃO DE AÇÚCAR

Somente em 2018, o Grupo Pão de Açúcar teve um faturamento de R$25 bilhões de reais, receita bem superior ao Grupo Mateus que faturou três vezes menos, R$7 bilhões de reais.

Atualmente no Maranhão, o Grupo Mateus é a maior rede supermercado e domina o mercado através das redes Mateus, El Camiño, Eletromateus, Hiper e Mix Mateus. Seus concorrentes no estado, são as redes Walmart/Bom Preço e Todo Dia, Carrefour/Atacadão, Makro assim como Maciel, Menezes e outras pequenas lojas, mas nenhuma consegue competir com o empresário Ilson Mateus, que já tem negócios no estado do Pará.

ARTIGOS RELACIONADOS

4 COMENTÁRIOS

    1. Emprego com salário de de FOME que o Maheus paga, dispensamos, sem concorrentes ele dita o valor que quiser, tem que vir o pão de açúcar e muitos outros, abrir o mercado, gerando concorrência, consequentemente competitividade nos preços, mais e melhores empregos, coisa que comunista não quer, pois vive da corrupção, basta observar o que aconteceu com o Brasil no Governo dos PeTralhas e outros países com mercado fechado, criam dependência do Estado, centralizam poder, com aumento de impostos, distribuem empregos direcionados, tomalá da cá e só sobra empregos com salário de fome e bolsa família aos mais pobres.

      1. Só se foi você que não conseguiu trabalhar no governo dos PTralhas como você fala. Talvez você não tivesse qualificação para ingressar no mercado de trabalho. Eu trabalhei, estudei, comprei casa no RJ e em São Luís. Cheguei a ter 2 empregos na época. Período em que muitos sequer conseguiam um emprego por falta de qualificação profissional…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close