MARANHÃO

Lula finge esquecer que André Fufuca votou pelo Impeachment de Dilma

Sete anos depois o mesmo Lula rasga elogios ao bolsonarista agora seu ministro dos Esportes

A briga entre políticos é sempre pela melhor cama, melhor prato e pelo melhor sono opara si. Quem achar que essa confusão é pelo interesse da população, está redondamente enganado. A prova cabal são os elogios de Lula a André Fufuca, braço direito de Eduardo Cunha no Impeachment de Dilma Rousseff em agosto de 2016. O mesmo homem chamado pelos petistas de facista, agora é elogiado em público por Lula como ministro extraordinário. É quase impossível entender essa mística8 entre ódio e amor na política brasileira.

Mas André Fufuca não é o primeiro facista que votou pelo Impeachment de Dilma Rousseff que hoje está no governo Lula, e por incrível que pareça, veio do seio bolsonarista. O maranhense Jucelino Filho, ministro das Comunicações, investigado pela Polícia Federal por inúmeras acusações, é mais um que bebia água no pote bolsonarista e agora come filé na cozinha de Lula, mesmo fazendo juras a Eduardo Cunha ao votar pelo Impeachment de Dilma Rousseff.

Falar mal na política parece ser um dogma tradicional entre adversários, que futuramente estarão juntos e misturados no mesmo palanque. Em nível nacional podemos citar Lula e Geraldo Alckmin como mais uma prova cabal, de adversários que se tornaram aliados. O brasileiro mais confiante, jamais acreditaria nessa aliança, que até agora anda mil maravilhas. Mas ninguém pode esquecer de Temer e Dilma, que até 2016 era só amor, até Temer se reúnir com Eduardo Cunha, presidente da Câmara Federal. O resultado foi trágico: Dilma cassada e Lula preso.

Muitos petistas ficaram surpresos durante cerimônia realizada em São Luís-MA, onde o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) não apenas anunciou importantes investimentos em obras para o Maranhão, mas também elogiou o ministro André Fufuca (Progressistas) em seu discurso. Lula ressaltou que ser ministro vai além das competência, enfatizando a importância da visão intelectual, e destacou o trabalho de Fufuca à frente da pasta. “Fufuca é um ministro extraordinário, que tem me ajudado a governar este país”, disse Lula ao elogiar o bolsonarista criado no ninho de Eduardo Cunha.

Ao lado do presidente Lula e do governador Carlos Brandão, André Fufuca, que usa o cargo e a pasta para tentar chegar ao Senado em 2026, também anunciou a primeira fase de implantação dos Centros Esportivos Comunitários em 31 municípios do Maranhão, consolidando os esforços para fortalecer o esporte e a infraestrutura no estado. Fufuca por ser bolsonarista, seria o candidato de Brandão ao Senado Federal.

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo