SALÁRIO

Milhares de psicólogos assinam manifesto para diminuir anuidade do CRP 2019

O abaixo-assinado online visa pressionar o Conselho Federal de Psicologia para reduzir a anuidade

Visto como um conselho fraco e com pouco poder mediante aos órgãos públicos e empresas privadas, o Conselho Regional de Psicologia (CRP), não tem defendido os direitos dos profissionais e cobra uma taxa exorbitante, até fora da realidade da classe dos profissionais, que na grande maioria ganha um salário baixo em comparação a outros profissionais de nível superior, segundo os psicólogos.

A insatisfação dos profissionais levou a Elton Faria Bastos, criar um abaixo-assinado na internet para pressionar o Conselho, que parece mais pensar em si próprio do que nos profissionais, segundo nota do manifesto, publicada na íntegra abaixo. Já são mais de 8.500 assinaturas até o fechamento desta matéria.

Diante do recebimento da taxa de anuidade 2019, nós psicólogos e psicólogas de todo o território nacional, vimos por meio deste manifestar nosso descontentamento junto aos Conselhos Regionais e Federal de Psicologia, haja vista: 1) diante da crise, mediante os baixos salários ofertados e pagos e o desemprego de muitos profissionais  o valor da anuidade não está compatível com a nossa atual realidade, principalmente, considerando o valor da anuidade 2019; 2) o pagamento da anuidade não proporciona e/ou dá direito a quaisquer benefícios aos profissionais tais como desconto para compra de livros, na aquisição de cursos, descontos em convênios e/ou planos de saúde, farmácias, óticas, entre outros; 3) a comunicação com fiscais e atendentes via contato telefônico e/ou por email na busca de respostas e soluções de dúvidas, em muitas vezes é ineficaz e os atendentes além de não auxiliarem ainda tratam mal os profissionais.

Assim, por meio deste, solicitamos aos Conselhos, enquanto psicólogos(as) inscritos:

1)     A redução do valor da anuidade em âmbito nacional;

2)    Sugestão que o valor da anuidade não exceda 10% do salário oferecido à categoria que em muitas vezes não ultrapassa o valor de R$ 2.000,00;

3)    Que os conselhos busquem e ofereçam benefícios aos profissionais, não apenas aos das grandes metrópoles, mas em âmbito nacional;

4)    Que os atendentes e/ou fiscais sejam melhores treinados e capacitados oferecendo um serviço de qualidade na busca da solução de dúvidas quanto a prática profissional;

5)    Que não sejam cobradas taxas extras quando o profissional se cadastrar para atendimentos online.

Abaixo-assinamos, portanto, nosso repúdio à cobrança da atual anuidade de todos os psicólogos (as) e solicitamos uma resposta pública com prazo especificado para que os problemas relatados acima sejam sanados.

Atenciosamente

Psicólogos e psicólogas, abaixo assinados.

ACESSE AQUI E ASSINE O MANIFESTO…LINK

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close