BABADO DA SEMANA

Negócio da China: Prefeito de Palmeirândia-MA “compra” 2 vereadores da oposição

Edilson da Alvorada tem maioria na Câmara Municipal, mas corre risco de perder aliados e por isso foi as "compras" no mercado parlamentar

As negociatas na política maranhense sempre são vistas em ano eleitoral. Em Palmeirândia, na Baixada Maranhense, o prefeito Edilson da Alvorada já começou a movimentar o mercado e anunciou nesta semana a “compra” de dois vereadores opositores, mesmo tendo maioria na Câmara Municipal.

Segundo o que circula nos bastidores da política local, as “adesões” teriam sido uma negociação de cargos e poderes dentro da Prefeitura de Palmeirândia, simplesmente para evitar que o bloco de oposição fique maior e atrapalhe a gestão Edilson da Alvorada.

O vereadores Dega Pacheco, eleito com 334 votos e Irmão Jorlanilso, eleito com 398 votos, ambos (AVANTE), eram fieis aliados de Nilson Garcia, mas não resistiram a proposta tentadora feita pelo prefeito Edilson da Alvorada, que agora conta com uma base formada por 8 vereadores na Câmara Municipal.

Segundo fonte, a negociação envolveu dois pastores evangélicos, os dois vereadores “comprados”, o ex-vice-prefeito Justino Pacheco, a suplente de vereadora Irmã Sthela, dentre outras lideranças evangélicas presentes no ato, que devem ser alocadas na gestão.

Enquanto isso, segundo opositores, Edilson continua fazendo licitações de empresas fornecedoras de produtos, o que deve torrar milhões durante 4 anos de gestão em Palmeirândia-MA.

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo