TRANSPORTE

Para tentar tirar o seu da reta, Braide demite secretário da SMTT

Prefeito de São Luís encara sua primeira grande crise e não consegue encontrar o caminho

Desgastado pela greve dos rodoviários, o prefeito Eduardo Braide (Podemos), mostra sua incapacidade para negociar a volta dos coletivos e não tem coragem para decretar estado de calamidade pública no transporte coletivo. Para tentar resolver o problema, Braide ofereceu R$8 milhões aos empresários e colocou os rodoviários para escanteio.

Como tática para tentar mostrar que quer resolver o problema, o prefeito de São Luís, Eduardo Braide, decidiu demitir o secretário da SMTT, Cláudio Ribeiro. A informação foi confirmada pelo próprio gestor em suas redes sociais.

Cláudio Ribeiro deixa a pasta em meio a crise por conta da greve dos rodoviários, que já chegou ao nono dia. Minutos depois demitir Cláudio Ribeiro, Braide anunciou o substituto, Diego Baluz, integrante da assessoria jurídica da própria SMTT.

 

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo