POLÍCIA

Polícia Federal prende produtores de maconha no Maranhão

Os "agricultores da erva do capeta" tinham várias roças cheias de plantações

Duas pessoas foram presas pela Polícia Federal, na última sexta-feira (25), no município Turilândia, na Baixada Maranhense, acusadas de serem as donas de plantações de maconha, encontradas em outubro de 2020, durante a Operação Fusarium V. O “agricultores da erva do capeta” agora vão fumar o cigarro que o capeta fez.

As roças foram encontradas em terras indígenas na região de Alto Turiaçu, Alto Rio Guamá e em Terras da União, nas proximidades dos municípios de Centro do Guilherme e Centro Novo. Em uma das roças erradicadas, foi presa em flagrante uma pessoa que estava no local cuidando da plantação. Agora, a PF identificou os proprietário das plantações.

A ação deflagrada no dia 25 foi conduzida pela Delegacia de Repressão a Drogas da Polícia Federal e deu cumprimento a 02 (dois) mandados de prisão preventiva e (01) um mandado de busca e apreensão em desfavor dos proprietários da roça de maconha.

Os investigados responderão pelos crimes de tráfico de drogas e associação criminosa previstos nos artigos 33 e 35 da Lei nº 11.343/2006.

A operação foi denominada de JUQUIRA em uma referência a vegetação de porte baixo ou mato que nascem predominantemente em áreas de plantio e pastos.

Por Clodoaldo Corrêa

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!!!