POLÍCIA

Policiais do Maranhão são presos no Piauí

Os policiais são acusados de fazerem parte de uma milícia

Sete policiais militares do Maranhão foram presos acusados de fazerem parte de uma milícia. As prisões ocorreram na madrugada desta terça-feira (1) na cidade de Ribeiro Gonçalves-PI. Os policiais armados teriam invadido a Fazenda Maringá em companhia de mais cinco homens armados.

Segundo a polícia, eles renderam os funcionários que foram colocados sob a mira das armas no refeitório. Enquanto isso, a outra parte do grupo derrubava a cerca que marca os limites da fazenda. Diante da ação violenta do grupo, o dono da propriedade pediu ajuda a Polícia Militar de Urucui-PI.

A área foi cercada e os policiais Francivan da Costa Vasconcelos,  Herbeth Laurent Batista Moreira, Genilson da Conceição Lima, Francisco Nonato Vieira dos Santos, Erinaldo Silva Rodrigues, Fábio Marques Silva e Joelson Costa Santos acabaram sendo presos.

Com eles foram apreendidas cinco pistolas com o brasão da Polícia Militar do Maranhão e apreendidos um veículo Fiat Strada, um Santana, um Gol e uma caminhonete Hilux. O grupo e as armas foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil em Urucui.

Ao ser informado do caso, o comandante geral da PMMA coronel Pedro Ribeiro, designou um oficial para acompanhar o caso e já determinou a abertura de um Inquérito Policial Militar para apurar a conduta dos policiais.

Por Silvan Alves

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo