POLÍCIA

Policiais envolvidos em homicídios são presos em São Luís

Sidney Paixão, o “Pouca Sombra”, foi executado a tiros no dia 17 de janeiro deste ano

Uma operação da Polícia Civil, por meio da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), cumpriu dois mandados de prisão preventiva em desfavor de um soldado e um sargento da Polícia Militar do Maranhão. Eles foram identificados pelas iniciais U.H.S. de S., de 30 anos, e R.P.F., de 43 anos.

Outros dois homens, M.N.A. e P.F. da S. também foram presos, nessa quarta-feira (17), por suspeita de participação nos crimes. Um deles foi capturado na cidade de Viana e outro em São Luís.

Segundo a polícia, os investigados teriam participado da execução de Sidney Ferreira Paixão, de 32 anos, conhecido como “Pouca Sombra”. O crime ocorreu no dia 17 de janeiro deste ano, no bairro do Coroado.

Anteriormente, a vítima já tinha sido alvo de uma tentativa de homicídio pelo mesmo grupo, de acordo com as investigações da SHPP.

Vale destacar que o soldado envolvido no homicídio já estava no presídio da PMMA, localizado no Comando Geral, no bairro do Calhau. Ele tinha sido capturado, no começo do ano, por outra execução ocorrida, há seis meses, na cidade de Vargem Grande.

Todos os suspeitos, após os procedimentos necessários, permanecem à disposição da Justiça. Os dois policiais seguem custodiados no Presídio Militar.

O crime

Sidney Ferreira Paixão, conhecido como ‘Pouca Sombra’, foi morto a tiros, na noite de 17 de janeiro deste ano, no bairro Coroado, em São Luís.

No momento do ataque criminoso, ele estava dentro de sua residência, deitado em uma rede.

Os assassinos, que estavam em um veículo Gol, de cor branca, invadiram a casa, fizeram diversos disparos de arma de fogo e fugiram em seguida.

Vizinhos ainda tentaram socorrer ‘Pouca Sombra”, mas ele terminou morrendo no local.

O crime tem características de acerto de contas ou encomenda.

Baleado em 2021

‘Pouca Sombra”, que seria um dos líderes de uma facção criminosa, havia sofrido tentativa de homicídio no dia 14 de dezembro de 2021, na rua localizada na lateral do Mix Mateus, no bairro João Paulo, em São Luís. Ele se encontrava na porta de casa.

Suspeito de participar de assassinato de PM

Segundo informação passada ao blog, mas não confirmada pela PM, ‘Pouca Sombra’ teria envolvimento na morte do subtenente Israel Silva Nonato Filho, da Polícia Militar do Maranhão.

O militar foi assassinado a tiros, no dia 16 de outubro de 2021, no bairro do Coroado, em São Luís.

Por Gilberto Lima

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!!!