MARANHÃO

Prefeito de Peri-Mirim assinou contrato de quase R$2 milhões para compra de medicamentos

Mesmo assim, farmácias básicas, postos de saúde e hospital estariam sem remédios há meses

O Ministério Público do Maranhão ajuizou, no último dia 10 de maio, Ação Civil Pública, com pedido de liminar, para que o Município de Peri-Mirim, administrado pelo prefeito Heliezer Soares (PCdoB), seja obrigado a regularizar o fornecimento de medicamentos que compõem a farmácia básica.

Foram acionados, além do prefeito Heliezer Soares, o atual secretário municipal de Saúde, Paulo Vinicius Dourado. Veja Aqui.

O mais impressionante de tudo isso, é que o município de Peri-Mirim, já firmou quase dois milhões em contratos para fornecimento de medicamentos através da secretaria municipal de Saúde, com aval do prefeito Heliezer Soares. Uma afronta aos perimirienses, que pagam seus impostos e quando precisam de serviços públicos, encontram descaso.

No dia 12 de maio de 2021 a ex-secretária de Saúde, Jucivane Ferreira Lopes, assinou contrato com a Empresa J. J. GOMES MOTA EIRELI, com sede na cidade de Alto Alegre do Maranhão, no valor de R$ 1.231.947,72 (um milhão duzentos e trinta e um mil novecentos e quarenta e sete reais e setenta e dois centavos).

Recentemente, no último dia 06 de maio de 2022, o atual secretário de Saúde, Paulo Vinicius Dourado, assinou com a mesma empresa, contrato para fornecimento de medicamentos ao município no valor de R$ 512.727,50 (quinhentos e doze mil setecentos e vinte e sete reais e cinquenta centavos).

Somados os contratos, os valores chegam a quase 2 milhões de reais. Outro fato curioso, é que o contrato realizado em 2021 foi de mais de Um Milhão e a população perimiriense não viu essa medicação. Já o contrato deste ano é de pouco mais de meio milhão, talvez haja o milagre da multiplicação…

Outro fato intrigante é que a ação foi ajuizada pelo promotor de justiça Raimundo Nonato Leite Filho, titular da Comarca de Alcântara, que está respondendo pela Comarca de Bequimão, da qual Peri-Mirim é termo judiciário.

Dezenas de denuncias já foram protocoladas na Comarca de Bequimão denunciando as mazelas da gestão municipal de Peri Mirim e o prefeito Heliezer Soares só foi acionado por conta de um promotor de outra comarca que responde no momento por Bequimão. Estranho, hein!

Por Vandoval Rodrigues

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!!!