BEQUIMÃO

Prefeitura de Bequimão reforça projeto de sinalização turística no município

Secretaria de Cultura e Turismo realizou a fixação de placas no Rio Carrapicho

A Prefeitura de Bequimão, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, segue com o projeto de sinalização dos atrativos turísticos do município. E, nesta semana, foi a vez do Rio Carrapicho, um desses pontos bastante conhecidos e apreciados pela população local, receber o conjunto de placas produzido com o apoio de estudantes da Unidade Integrada Centrinho do Santana – Anexo Juraraitá, dos moradores da comunidade quilombola Juraraitá, dos Agentes Jovens Ambientais, Coletivo Bora Ver, além do suporte das Secretarias Municipais de Meio Ambiente e de Administração e Finanças.

Toda ação de confecção e instalação das placas foi coordenada pelo secretário municipal de Cultura e Turismo, Rodrigo Martins, e também pelo vereador Professor Ivaldo, representante da comunidade na Câmara Municipal de Bequimão. O objetivo, segundo explica o secretário Rodrigo Martins, é melhorar a mobilidade, o deslocamento, o entretenimento e o lazer dos visitantes e das comunidades com este projeto.

“A orientação turística, com mensagens que contribuem para a difusão do conhecimento dos atrativos e para o desenvolvimento da atividade turística, é de grande importância, pois tem função educativa e indicativa, além de dinamizar o setor turístico e integrar o turista com a paisagem visitada”, conta ele.

Placas indicativas já foram fixadas nas regiões da Barragem do Marinho, região de campos alagados; Cais do Porto, região de acesso às comunidades do litoral bequimãoense via Rio Itapetininga; Paricatiua; e também na Ilha de Imbotiua, que já conta inclusive com passeios náuticos programados aos finais de semana.

O município prevê a ampliação desse projeto de sinalização para outros destinos com potencial turístico. “Está dentro do nosso plano de ação estender esse projeto para outros atrativos naturais com potencial, como o Cais do Santana, Ponta do Soares e, por fim, o Barroso, onde pretendemos fazer uma ação de reaproveitamento do Rio Grande”, revela o secretário municipal de Cultura e Turismo, Rodrigo Martins.

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo