VACINA

Prefeitura de São Luís está dificultando vacinação da segunda dose contra a Covid-19

Trabalhador perdeu data de vacinação na empresa e agora está sendo recusado nos Centros de Vacianação

O prefeito de São Luís, Eduardo Braide (Podemos) tem usado muito bem a mídia para se auto promover com a vacinação contra a Covid-19. Só que nos bastidores muitas irregularidades estão acontecendo e pouco está sendo noticiado. Desde a primeira dose a Secretaria Municipal de Saúde cometeu vários erros ao voltar ludovicenses que perderam a data de vacinação por algum motivos, inclusive aqueles que não tinham grana para pagar passagem.

Alguns foram voltados da porta dos Centros de Vacinação, com a desculpa de que haveria uma tal repescagem. Só que na guerra, inclusive contra esse coronavírus, não tem como combinar com o inimigo. O certo seria vacinar, já que a vida estará sempre em primeiro lugar.

Esta semana, um ouvinte do programa – Nova Manhã – da rádio Nova FM, identificado por Marcelo, denunciou a Secretaria Municipal de Saúde de São Luís, dizendo que havia perdido a vacinação da segunda dose dentro de sua empresa e já havia percorrido os Centros de Vacinação da Prefeitura da Capital e teria sido barrado.

A desculpa teria sido, que o homem teria que procurar um posto de vacinação do estado, já que ele havia sido vacinado no mutirão do governo do Maranhão. A pergunta que fica é: A vacinação é particular ou pública? Se vacinar, a dose não vai para o mesmo Sistema do SUS? Se um trabalhador vacinar da primeira dose no Rio de Janeiro e logo em seguida, for transferido para trabalhar em São Luís, ele teria que voltar ao Rio de Janeiro para tomar a segunda dose?

Está na hora do secretário Joel Nunes e sua equipe estudar um pouco mais sobre o Sistema Único de Saúde, antes de criar medidas, que mais atrapalham o povo.

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo