POLÍCIA

Bolsonarista morre em acidente após perseguir vereadora do PT

O caso aconteceu na cidade de Salto do Jacuí, no Rio Grande do Sul

A vereadora do Partido dos Trabalhadores, Cleres Revelante, relatou ter sido perseguida por um apoiador do presidente Jair Bolsonaro. De acordo com a parlamentar, que possui assento na Casa Legislativa de Salto do Jacuí, no Rio Grande do Sul, o agressor colidiu propositalmente em seu carro.

Após a colisão, o suspeito fugiu do local. Uma equipe policial que passa perto foi acionada e entrou em diligências na busca pelo homem. Durante a perseguição policial, o suspeito acabou perdendo o controle do veículo e sofreu um acidente. Ele não resistiu e morreu.

Apesar do susto, a vereadora afirmou que está bem. O deputado Paulo Pimenta, também do PT, publicou informações sobre o caso em seu perfil oficial no Twitter. “A vereadora Cleres Revelante, do PT, de Salto do Jacuí-RS, foi vítima de atentado na noite passada. A apoiadora do presidente @LulaOficial, minha e do Deputado @Valdeci13RS foi perseguida por um bolsonarista que colidiu propositalamente na traseira de seu carro”, escreveu.

O parlamentar deu ainda detalhes sobre como ocorreu a situação. “No momento em que a colisão ocorreu, passava uma viatura policial pelo local e avistou o fato e saiu em perseguição ao suspeito, que perdeu o controle de sua Toyota Hilux e foi a óbito no local. É inadmissível que o bolsonarismo siga protagonizando tais atos. Basta de ódio”, descreveu.

Ao portal Yahoo! Notícias, a vereadora Cleres Revelante disse: “Eu estava vindo na avenida principal do meu município, avenida Pio XII, com minha assessora e a gente percebeu que tinha alguém atrás cantando pneu, mas não demos importância”. “Ele foi com tudo na traseira do meu carro.”, complementou.

Cleres alegou ainda à reportagem que a agressão possui motivação política. “Esse rapaz em outras vezes me provocou com piadas, com insultos nas redes sociais, em mensagens privadas. Eu sabia do ódio dele com o partido, comigo, e eu estava toda adesivada, estou em campanha”, disse.

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!!!