JUSTÍÇA

Qual o motivo da insistência do prefeito Nato da Nordestina (PL) para realizar o show de Wesley Safadão?

Prefeito de Vitória do Mearim-MA tenta no STF a todo custo a realização de show do cantor Wesley Safadão

Parece estranho a insistência do prefeito de Vitória do Mearim-MA, Nato da Nordestina (PL), em querer realizar esse show de Wesley Safadão a todo custo. É como se fosse algo de vida ou morte na cidade. A desconfiança começa a tomar conta da população, já que Nato na coleciona duas derrotas na justiça e mesmo assim insiste em querer realizar a festa de aniversário da cidade com o show do forrozeiro no valor de aproximadamente R$500 mil pilas.

Após derrota no Superior Tribunal de Justiça (STJ), a prefeitura de Vitória do Mearim (MA) administrada por Nato da Nordestina, acionou o Supremo Tribunal Federal (STF) para tentar realizar o evento de aniversário do município onde se apresentaria, como atração principal, o cantor Wesley Safadão.

Segundo o documento no qual o site Folha do Maranhão teve acesso, o jurídico do município de Vitória do Mearim tenta conseguir uma liminar no STF que derrube a decisão do presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Humberto Martins, que recentemente derrubou outra decisão do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJ), cancelando o show. A prefeitura alega que o evento é de fundamental importância para o município, e que a movimentação em torno do show irá aquecer a economia do município.

O site Folha do Maranhão entrou em contato coma prefeitura de Vitória do Mearim, onde foi confirmado a tentativa da medida judicial para o acontecimento do show. Ainda de acordo com a prefeitura, o prefeito irá gravar um vídeo com seu posicionamento nas redes sociais.

Na cidade, o palco onde aconteceria o evento está montado à espera de uma decisão.

Enquanto os brasileiros passam fome por dificuldades financeiras, o prefeito Nato quer gastar dinheiro público com festa. Que tal usar um patrocínio da empresa do prefeito para bancar o show do forrozeiro em Vitória do Mearim?

Por Folha do Maranhão

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!!!