FAMEM

Região Metropolitana do Sudoeste maranhense passa a contar com 22 municípios

A atualização toma como base dados obtidos pelo IBGE em 31 de dezembro de 2020

A região metropolitana do sudoeste do Maranhão ganhou mais 14 municípios. De acordo com a atualização do recorte territorial feito pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) a região passou a ser integrada por 22 cidades.

Foram incluídos os municípios de São Pedro da Água Branca, Vila Nova dos Martírios, Porto Franco, São Francisco do Brejão, Amarante do Maranhão, Sítio Novo, Carolina, Itinga do Maranhão, Açailândia, Campestre do Maranhão, Cidelândia, Lajeado Novo, São João do Paraíso e Estreito.  Permaneceram nesta região as cidades Davinópolis, Governador Edison Lobão, Imperatriz, Buritirana, Ribamar Fiquene, Senador La Rocque, João Lisboa e Montes Altos.

A atualização toma como base dados obtidos em 31 de dezembro de 2020, a partir daí são definidos pelo estado e união os novos traçados das regiões metropolitanas, regiões integradas de desenvolvimento e aglomerações urbanas. O levantamento são utilizados pelos próprios estados e seus órgãos de planejamento. A próxima atualização deve estar disponível ainda no primeiro semestre de 2022 na plataforma do IBGE.

A partir de 2013 a revisão passou a ser periódica com intervalo de seis meses. A partir de 2022, o processo deverá acontecer anualmente. A ideia é fazer com que haja coincidência na revisão dos recortes geográficos e das estimativas populacionais.

O Maranhão foi o único estado onde houve alteração da região metropolitana. O estado da Paraíba se destaca pelo maior número de regiões metropolitanas, são 12 das 74 regiões distribuídas pelo mapa do país. Já as aglomerações urbanas, três se concentram no estado de São Paulo e duas no Rio Grande do Sul. Houve também alterações nas regiões integradas.

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo