SAÚDE

Secretário de Saúde do Maranhão alerta para mais 09 casos suspeitos de varíola dos macacos

A informação foi repassada nesta quinta-feira (11) durante entrevista na rádio Mirante AM 600 KHZ

O secretário estadual de Saúde, Tiago Fernandes, confirmou nesta quinta-feira, durante entrevista a Rádio Mirante AM 600 KHZ, mais nove casos suspeitos da Monkeypox, conhecida popularmente como varíola dos macacos.

De acordo com ele, a maioria dos casos suspeitos foram registrados nos municípios da região metropolitana de São Luís, como São José de Ribamar.

No entanto, há também casos que ocorreram nas cidades de Balsas e Buriticupu, no interior do Maranhão.

O secretário explicou que os casos suspeitos estão sendo investigados e a análise do material coletado deverá demorar aproximadamente dez dias para que sejam confirmados ou descartados.

Nesta sexta-feira, às 9h, na sede da SES, na avenida Carlos Cunha, na capital maranhense, Fernandes concederá entrevista coletiva na qual anunciará medidas de controle e vigilância que serão adotadas diante do cenário.

O primeiro caso confirmado da doença no Maranhão foi anunciado nesta quarta-feira (10).

Trata-se de um homem de 42 anos, morador de São Luís, com comorbidades e sem histórico de viagem.

O paciente permanece internado e isolado no Hospital Carlos Macieira.

Sintomas – Os sintomas iniciais da varíola dos macacos costumam ser febre, dor de cabeça, dores musculares, dor nas costas, gânglios (linfonodos) inchados, calafrios e exaustão.

Depois do período de incubação [tempo entre a infecção e o início dos sintomas], o indivíduo começa com uma manifestação inespecífica, com sintomas que observamos em outras viroses: febre, mal-estar, cansaço, perda de apetite, prostração.

Dentro de 1 a 3 dias (às vezes mais), após o aparecimento da febre, o paciente desenvolve uma erupção cutânea, geralmente começando no rosto e se espalhando para outras partes do corpo.

Por Gláucio Ericeira

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!!!