NOTÍCIAS

Sem Blitz nas ruas, marginais voltam a cometer assaltos em ônibus em São Luís

Nesta quarta-feira (25) o número de assaltos a ônibus foi assustador na capital maranhense

A Polícia Militar do Maranhão relaxou com as blitz em ônibus na capital maranhense e os marginais voltaram a cometer assaltos em todos os períodos, principalmente após os terminais de integração. Na grande maioria, os bandidos pegam os ônibus dentro dos terminais e duas paradas depois anunciam os assaltos, roubam passageiros e descem em locais de difícil acesso à polícia.

Em algumas ocasiões, os policiais batem o ponto na catraca do ônibus, mas não realizam a revista, o que facilita ainda mais aos marginais que muitas vezes estão dentro dos coletivos armados apenas esperando o momento de anunciar o assalto. Atualmente estão assaltando com arma branca (facas).

Nesta quarta-feira (25), ônibus como Maiobão/São Francisco e Cohatrac/Rodoviária foram vítimas de assaltos. Nesse caso quem são as verdadeiras vítimas são os passageiros, que muitas vezes estão indo ou voltando do trabalho e se deparam com situações constrangedoras, onde são humilhados dentro de coletivos. Muitas vezes além de roubar o objeto dos passageiros, ainda agridem ou até matam.

É necessário que o Comandante da Polícia Militar do Maranhão, Pedro Ribeiro, entenda que a blitz em ônibus é uma forma de evitar o crescente número de assaltos, já que a própria polícia havia divulgado balanço com redução dos assaltos após as famosas blitz.

O Secretário de Segurança Pública do Maranhão, delegado Jeferson Portela, precisa descer dos palanques e ficar mais ligado a violência que aumentou no Maranhão, principalmente nos municípios da Região Metropolitana da Ilha.

O que parece é que a Polícia perdeu o controle da situação e a bandidagem já tomou de conta da capital maranhense. Infelizmente essa é a realidade nas ruas de São Luís!

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!!!