SÃO LUÍS

Sem remédios nas UBS’s, prefeito Braide quer torrar R$20 milhões com propaganda em 2023

Além da falta de medicamentos, o cardápio para acompanhantes no hospital da criança é ovo com arroz branco puro

Os vereadores de São Luís precisam acordar para Jesus, ou a gestão municipal vai afundar ainda mais. O problema é que se ficar ainda pior, quem vai pagar o pato são os mais pobres, que usam a saúde pública e educação precárias. Nenhum parlamentar ludovicense usa os serviços de saúde dos Socorrões, Socorrinhos, Unidades Básicas de Saúde (UBS) ou até mesmo levam seus filhos para o hospital da Criança, no bairro Alemanha.

Na Unidade Básica de Saúde do bairro Coroadinho, uma placa mostra que a unidade de saúde dispõe apenas de dipirona, uma afronta à população de São Luís, que paga impostos e não olha onde está sendo investido. A reclamação é geral, falta tudo e em quase todos os setores da gestão. Além da falta de medicamentos, aparelhos de exames estão quebrados, cardápio para acompanhantes no hospital da criança é ovo cozido com arroz branco. Com tantos problemas, principalmente nas áreas da saúde e educação, Eduardo Braide pouco está se lixando para a população.

E para tristeza dos ludovicenses, o prefeito de São Luís, Eduardo Braide,  mandou para a aprovação na Câmara Municipal, através da (LOA ), um orçamento milionário para torrar na  comunicação. Sabendo que 2023 é ano de pré-campanha eleitoral, Braide quer gastar ao longo do ano de 2023, uma bolada milionária com propagandas. Só não se sabe, o que ele irá propagar: se mentira ou ilusões.

De acordo com a Lei Orçamentária Anual (LOA) a previsão é que cerca de quase 20 milhões de reais sejam   gastos só com propaganda e marketing, através da Secretaria de comunicação, atualmente comandada pelo jornalista Igor Almeida, que é um excelente profissional, mas como secretário, é pior que Márcio Jerry, Ricardo Cappelli e Conceição Castro juntos. Relacionamento é uma palavra que não figura em seu vocabulário.

O prefeito Eduardo Braide, usando Igor Almeida já empenhou $7 milhões, com uma única empresa, a ENTER PROPAGANDA E MARKETING, que teve o contrato aditivado logo no início da gestão. Braide que é conhecido no Maranhão como péssimo pagador, já teria cr editado na conta da ENTER $3.397,759,57 (três milhões, trezentos e noventa e sete mil, setecentos e cinquenta e nove reais e cinquenta e sete centavos). Provavelmente essa será uma das empresas mais beneficiadas com o orçamento milionário previsto pra 2023.

A Câmara Municipal de São Luís precisa está mais vigilante, já que verba da comunicação é sempre usada nas gestões municipais e estaduais para injetar no fortalecimento de reeleições. Todo cuidado é pouco!

Fonte: Blog Filipe Mota

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!!!