SÉRIE A

Vasco bate Grêmio no Rio de Janeiro

A vitória mexe com a classificação do Campeonato Brasileiro ao final da 14ª rodada

Graças ao gol de Andrés Rios com apenas dois minutos de jogo, o Vasco conseguiu uma importante vitória em cima do Grêmio por 1 a 0 na tarde deste domingo. O resultado em São Januário saiu mesmo com um jogador a menos desde o primeiro tempo, quando o lateral esquerdo Henrique recebeu o segundo cartão amarelo por uma falta dura em cima do Luan. A vitória mexe com a classificação do Campeonato Brasileiro ao final da 14ª rodada.

O resultado leva o Vasco aos 19 pontos, ainda no meio da classificação, mas cada vez mais distante da zona de rebaixamento. Além disso, o clube pôde comemorar a primeira vitória após a parada para a Copa do Mundo – empatou com o Fluminense na última quinta-feira. Já o Grêmio se mantém distante da briga pela liderança, já que estaciona nos 23 pontos, longe do Flamengo, que tem 30, e o São Paulo, com 29.

O time do técnico Jorginho acabou a partida extenuado, pela luta em campo e também em razão da sequência desgastante de três confrontos em sete dias. O Grêmio voltou a mostrar dificuldades e pouco poder de fogo contra um time fechado. Algo semelhante a o que aconteceu em partidas em casa, antes da parada para a Copa do Mundo. Contra Atlético Paranaense, Internacional e Fluminense, o time do técnico Renato Gaúcho sofreu com a retranca dos adversários e não saiu do empate sem gols.

HAJA CORAÇÃO

Os primeiros 45 minutos foram intensos em São Januário. Especialmente o início. Em seu terceiro jogo em sete dias, ambos em casa, o Vasco adotou a estratégia de pressionar o rival nos primeiros momentos da partida, e foi feliz.

Depois de dois contra-ataques seguidos, veio o gol aos dois minutos. Andrés Ríos recebeu cruzamento de Henrique e se antecipou a Geromel para desviar para o gol, encobrindo o goleiro Marcelo Grohe. O gol precoce permitiu que os donos da casa pudessem se retrair e sair nos contragolpes quando possível, mas ao mesmo tempo fez com que o Grêmio aumentasse a pressão em busca do empate, que não veio.

O sistema defensivo vascaíno se comportou bem na primeira etapa e anulou as investidas gremistas mesmo após ficar com um a menos aos 31 minutos, quando o lateral-esquerdo Henrique acertou um carrinho lateral em Luan e recebeu o segundo amarelo – ele recebeu o outro amarelo anteriormente por retardar cobrança de falta. O lance de maior perigo do time gaúcho foi uma blitz, com três chances seguidas desperdiçadas.

SEGUROU!

O cenário na etapa complementar foi muito semelhante ao da primeira, com o Grêmio ainda mais no ataque a partir das mudanças do técnico Renato Gaúcho, que tirou os dois laterais para colocar o meia Douglas e o atacante Marinho em campo e, depois, promoveu a entrada do centroavante Jael no lugar do volante Jailson.

O volume de jogo do time gaúcho foi gigantesco, mas não o suficiente para superar a luta e a valentia vascaína em São Januário. A dupla de zaga formada por Breno e Ricardo se destacou e conseguiu impedir os avanços dos rivais. Thiago Galhardo e Yago Pikachu também fizeram mais do que o que suas funções pedem para ajudar a defesa.

O resultado também pode ser explicado pela desempenho ruim de Everton e Luan. A dupla da equipe tricolor, que costuma decidir jogos, esteve apagada em campo e pouco produziu. A chance mais perigosa na etapa final saiu dos pés do centroavante André, em chute rasteiro defendido por Martín Silva. No final, a valentia vascaína foi premiada.

PRÓXIMOS JOGOS

Na próxima rodada, a 15ª, o Grêmio volta a campo na quinta-feira, às 19h30, para enfrentar o São Paulo, na Arena do Grêmio, em duelo direto pelas primeiras posições.

 

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close