CÂMARA DE SÃO LUÍS

Vereador Chaguinhas diz que Bolsonaro fala com o cérebro desligado

O Vereador de São Luís se referiu aos conflitos criados por Bolsonaro dentro do Palácio do Planalto

Em entrevista na manhã desta segunda-feira (18) ao repórter Juarez Souza na rádio Educadora AM 560, o vereador de São Luís, Francisco Chaguinhas (PP) fez uma análise sobre a crise política criada no governo Bolsonaro envolvendo o ministro Gustavo Bebianno. De acordo com a fala do vereador, Bolsonaro e os filhos estão falando pelo piloto automático, com o cérebro desligado. Segundo Chaguinhas, se Bolsonaro não ligar o cérebro, ele vai criar muitos problemas para o Brasil.

“O presidente Jair Bolsonaro disse que iria sepultar a velha política do Brasil, mas pelo que tenho visto, enterrou apenas os corpos e ressuscitou alma e espírito que estão vagando no Palácio do Planalto. Temos 14 milhões de desempregados e vem Bolsonaro e o filho provocar uma crise que não existia em lugar algum, isso mostra que eles não estão preparados para conviver com o ‘mel’, eles ainda estão no samorá (própolis), eles precisam está preparados para conviver com o mel (executivo),ainda estão acostumados com o própolis (legislativo). Eles estão acostumados só com o própolis (estão muito azedos). É preciso que eles tenham cautela, estão assassinado reputação, como fizeram com o ministro Gustavo Bebiano. Isso é o pior adjetivo para um presidente da República”, destacou Chaguinhas.

Chaguinhas está se referindo aos desmandos do presidente da República, Jair Bolsonaro, que tem achado que o Palácio do Planalto é o quintal de sua casa, ao falar o que quer. “O que Bolsonaro fez com Gustavo foi típico de um rei que não tem sabedoria, exemplo de suas fraquezas, deve ficar sozinho. Ele está se mostrando um rei que não tem sabedoria e não se preparou para administrar o Brasil. Parecem criadores de elefantes e agora estão trazendo os animais para a sala do Planalto”, disse Chaguinhas que comparou Bolsonaro com um cachorro louco querendo morder a calda.

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo