MARANHÃO

Washington Luiz deve ser reeleito presidente do TCE-MA

Marcelo Tavares deve ser o vice-presidente da côrte de contas

No próximo dia 7 de dezembro, ocorrerá a última sessão do ano no Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE) e na oportunidade será realizada a eleição para escolha de presidente, vice-presidente, corregedor e ouvidor. O atual presidente Washington Luiz deverá ser reconduzido ao cargo de chefe do órgão de fiscalização, o novato na corte, Marcelo Tavares deve ocupar a função de vice-presidente.

Washington Luiz está na função de presidente desde agosto de 2021, após a aposentadoria de Nonato Lago então chefe do TCE.

Para a recondução, Washington já conta com a maioria da corte a seu favor, além do seu próprio voto, ele tem o apoio de Caldas Furtado, Álvaro Ferreira e Marcelo Tavares. No entanto, as conversas estão bem encaminhadas com Jorge Pavão, Raimundo Oliveira e Edmar Cutrim para que o consenso seja construído.

Confirmada a eleição de Washington, ele fica como presidente no seu último biênio 2023/2024, pois em dezembro de 2024, ele se aposenta.

No entanto, já em janeiro de 2023, Edmar Cutrim se despede do TCE, pois chega aos 75 anos no dia 7 de janeiro. O pai dos deputados Gil Cutrim (federal) e Glalbert Cutrim (estadual), está na função desde o ano 2000. Porém sua substituição só deve ocorrer em fevereiro, quando o órgão retoma suas atividades e ele não demonstra interesse em antecipar sua aposentadoria antes do dia 7 de dezembro, data da última sessão ordinária de 2022.

Ainda em 2023, Raimundo Oliveira também se aposenta, ele é atualmente o mais longevo membro do TCE, está na função desde o ano de 1986. Mas diferentemente da vaga de Edmar Cutrim que deve ser preenchida de acordo com o certame da Assembleia Legislativa do Maranhão, o substituto de Raimundo pode vir do Ministério Público de Contas.

Por Diego Emir

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo