MARANHÃO

Weverton Rocha propõe regionalizar “Feirinha Cultural”

Objetivo do senador é gerar emprego e renda aos maranhenses

O pré-candidato do PDT ao Governo do Maranhão, senador Weverton Rocha, prestigiou a 2ª edição do “Câmara Junina”, promovida pelo Legislativo ludovicense, no Rio Poty Hotel, na última sexta-feira, 24, data em comemoração ao Dia de São João. Na oportunidade, o pedetista concedeu entrevista ao programa Tá Na Pauta, da Rádio Nova FM (93.1 MHz) e, aproveitou para falar sobre algumas de suas propostas para a cultura.

“É gratificante sentir essa energia. Por isso, nada melhor do que celebrarmos, após enfrentarmos dois anos de pandemia, a segunda edição do “Câmara Junina” justamente na data em que celebramos o Dia de São João. Nós temos muitas propostas para a cultura e uma delas é a regionalização da feirinha cultural para criar emprego e renda”, destacou.

A proposta, por exemplo, surgiu a partir do programa “Feirinha São Luís”, criada pela Lei Municipal n° 6.871 de 23 de Dezembro de 2020, norma que é originária do Projeto de Lei nº 179/2020, de autoria do vereador Ivaldo Rodrigues (PDT), idealizou da iniciativa.

“É uma iniciativa criada por um integrante do nosso partido e hoje vem fortalecendo a cultura e a economia da nossa capital maranhense. A partir de janeiro de 2023, pretendemos levar importante ação para as regiões do nosso Estado”, completou Weverton.

Como a iniciativa surgiu?

Realizada pela Prefeitura de São Luís, através da Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento – SEMAPA, a Feirinha São Luís que foi idealizada pelo vereador Ivaldo Rodrigues, durante sua passagem pela pasta, se transformou em um grande empreendimento fomentador, capaz de juntar a agroecologia, a gastronomia, o artesanato, as artes plásticas e literárias, com foco no turismo e na revitalização do Centro Histórico, com o viés da produção, da comercialização e das potencialidades regionais.

Para virar freguês

Além disso, a iniciativa virou uma nova janela para o escoamento da produção, aberta todos os Domingos na Praça Benedito Leite, no Centro Histórico da capital maranhense, para acomodar diferentes segmentos da produção e da economia local, com perspectiva de fomento produtivo, econômico, social e cultural, e funciona como uma vitrine a céu aberto dos produtos agroecológicos cultivados na Ilha de São Luís.

Lançada com a frase de efeito “você vai virar freguês”, a Feirinha Cultural é um evento semanal realizado num período de 08 horas, onde seus produtos encontram-se disponíveis para comercialização a partir das 07hs, com sua programação encerrando sempre às 15hs.

Principais características

O programa tem características específicas como:

  • Bancas padronizadas, divididas em seguimentos específicos acomodados e protegidos por grandes tendas, formando corredores segmentados para cada tipo de produto;
  • Vegetais oriundos da agricultura familiar, em especial agroecológicos;
  • Produtos de fabricação artesanal;
  • Comidas, em sua maioria, típicas da região;
  • Café da manhã regional e doces populares e sofisticados, típicos da culinária maranhense.

A Feirinha também conta com a Central de Atendimento ao Turista e apresentações culturais ao longo do tempo.

Por Isaías Rocha

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!!!