POLÍTICA

Acordo para permanência de Ricardo Cappelli envolve perda de poder

A permanência do carioca no governo Brandão teria sido um pedido camarada de Flávio Dino

Último nome anunciado pelo governador Carlos Brandão (PSB), o jornalista carioca Ricardo Cappelli fica no governo, mas com poder bem reduzido. Segundo fontes, Cappelli era alvo de pressão dos irmãos de Brandão que queriam colocar no lugar dele, Sérgio Macedo, ex-secretário de Comunicação de Roseana Sarney.

Brandão resistiu porque já tinha rompido todos os outros acordos com Flávio Dino – Carlos Lula, Rodrigo Lago, Clayton Noleto e Felipe Camarão não indicaram seus sucessores nas secretarias onde atuavam.

O acordo para manutenção de Cappelli na Secom prevê maior poder para Macedo. Até agora, o secretário se recusa a ouvir Macedo, que será o coordenador de Comunicação da campanha de Brandão.

Cappelli também vai perder o poder sobre as emendas parlamentares, que ele vinha coordenando no governo Dino.

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!!!