FUTEBOL MARANHENSE

Antônio Américo calado é um poeta

O presidente da Federação Maranhense de Futebol em sua rede social deu "deu uma puxada no saco" de Flávio Dino no mês passado

O que parece para os olhos do torcedor maranhense é que algo errado tem nessa parceria entre os clubes de futebol maranhense, Federação Maranhense de Futebol (FMF), Cemar e Governo do Maranhão. No mês de julho o presidente da FMF usou sua página na rede social para dar uma “puxada no saco” do governador Flávio Dino, ao dizer que o sucesso de Sampaio na Copa do Nordeste, Imperatriz no Brasileiro Série D, Cordino no Brasileiro Série D e Moto no Campeonato Maranhense, foi a ajuda que o governo do Estado deu aos times.

Acho que ninguém está sabendo dessa ajuda ou se teve foi Antônio Américo que dividiu, como fez com o patrocínio do Campeonato Maranhense, em que a TV Difusora faturou R$ 705 mil reais. Uma produtora encarregada nas transmissões dos jogos e outras despesas, dentre elas R$ 90 mil para quem elaborou o projeto, R$ 20 mil para contabilidade e 3% para o Fundo Estadual de Esporte que corresponde a R$ 45 mil.e os clubes cada um recebeu uma esmola. O Sampaio recebeu R$ 150 mil reais, Moto recebeu R$ 120 mil reais, Maranhão, Cordino e Imperatriz receberão cada R$ 115 mil e São José, Bacabal e Santa Quitéria R$ 60 mil.

Mesmo assim Antônio Américo insiste dizer que os clubes receberam ajuda do Governo do Estado. Na maior cara de pau, Antônio Américo, parabenizou o governador Flávio Dino pelas conquistas obtidas pelo futebol maranhense. No último sábado, 7 de julho o Sampaio Corrêa sagrou-se campeão da Copa do Nordeste e, e no domingo, dia 8 de julho, o Imperatriz obteve o acesso para a Série C do Campeonato Brasileiro. Alô Antônio Américo, com essa esmola esses clubes fizeram tudo isso ou tem algo escondido que não sabemos?

Na babação, Antônio Américo rasgou o “saco” de Flávio Dino com uma baita puxada de saco do comunista. “Governador Flávio Dino. O Sampaio Campeão do Nordeste, o acesso do Imperatriz à série ‘C’, e a excelente participação de Moto e Cordino na série ‘D’, são fruto da ajuda que V. Exa. tem dado ao futebol maranhense, via lei de incentivo. Parabéns, estas vitórias são suas”, disse o “Jabuti da FMF” nas redes sociais.

Sem explicações Antônio Américo já se perpetua na Federação Maranhense de Futebol desde que entrou como interventor no lugar de Carlos Alberto Ferreira, mas já está no seu segundo mandato eleito apenas por voto de presidente de Ligas. Sem expressão na política, Américo não consegue ter apoio nem de seus conterrâneos, já que em 2016 foi candidato a prefeito de Pinheiro e obteve míseros 464 votos nas urnas, o equivalente a 1,10%.

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close