NOTÍCIAS

Após presentear empresários com R$20 milhões, Braide reajusta passagem de ônibus em São Luís

Prefeito de São Luís havia afirmado que não iria reajustar valor da passagem, mas arregou e não suportou pressão dos empresários

Está a cada dia mais difícil de encontrar políticos de palavra, honrados, gente que fala uma coisa em pé e confirma sentado a mesma coisa. Na nova safra de políticos no Brasil, para encontrar algum com esse perfil, é muito difícil. No Maranhão não é diferente. Em São Luís, o prefeito Eduardo Braide mostrou que palavra não é seu forte, ao afirmar que não reajustaria a tarifa do transporte coletivo, mas acabou cedendo a pressão dos empresário e fez justamente o contrário do que falou.

Os preços das passagens do transporte coletivo de São Luís foram reajustados e irão aumentar em R$0,20 a partir deste domingo (27). A informação foi divulgada no fim da manhã desta sexta-feira (25), pela Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte de São Luís (SMTT).

Com o reajuste, a tarifa das linhas de ônibus não integradas, que custavam R$ 3,20 passarão a custar R$ 3,40. Já o preço das linhas integradas, sobe de R$ 3,70 para R$ 3,90. Com isso, o valor das passagem dos ônibus semiurbanos: Ribamar/São Luís, Cidade Verde/São Luís e Ribamar/Rodoviária devem sofre reajuste. Atualmente os valores custam R$3,90 e devem passar para R$4,10 ou R$4,20.

Mesmo repassando R$20 milhões de reais de dinheiro público aos empresários do transporte público de São Luís, Braide mostra que não está preparado para governar São Luís. Em 14 meses de gestão, o prefeito já encarou duas greves de rodoviários.

Os empresários do setor transporte reivindicavam um aumento mínimo de R$ 1,20 para a manutenção do sistema, além de exigirem o reajuste do subsídio e a extinção da função de cobrador. No próximo mês, os rodoviários recebe a última parcela do auxílio pago desde novembro pela prefeitura.

Os novos valores passam a valer a partir da 0h deste domingo. Quem for sair, precisa levar um trocado a mais.

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo