SAÚDE

Braide anuncia construção de duas UBS para a Zona Rural de São Luís

A tendência é melhorar e ampliar os atendimentos em saúde na capital maranhense

Buscando o fortalecimento da atenção primária na capital, a Prefeitura de São Luís vai construir mais duas Unidades Básicas de Saúde (UBS) na Zona Rural. O anúncio foi feito pelo prefeito Eduardo Braide nesta sexta-feira (11), durante oficialização de parceria entre os governos municipal e federal, com recursos na ordem de R$ 2.797.000,00 destinados pelo Ministério da Saúde representado, na ocasião, pelo secretário nacional da Atenção Primária em Saúde, Rafael Parente.

O recurso destinado pelo Governo Federal, via Secretaria Nacional da Atenção Primária em Saúde (SAPS), vai possibilitar, ainda, a reforma de mais duas unidades básicas, no valor de R$ 150 mil cada uma. E, além disso, o departamento também vai entregar a São Luís um total de 40 monitores multiparamétricos hospitalares (custando cerca de R$ 1 milhão) e mais uma unidade móvel de suporte avançado, de modo a auxiliar ainda mais a capital no atendimento de urgência e emergência.

Durante o evento de oficialização, o prefeito Eduardo Braide agradeceu à equipe enviada pelo Ministério da Saúde e destacou que sua gestão continuará empenhada em garantir uma saúde de qualidade para os ludovicenses. “Desde que iniciamos a gestão, temos trabalhado para melhorar a atenção primária, e o alcance dessa verba é motivo de comemoração para todos nós, pois entendemos que as unidades básicas de saúde são a porta de entrada do SUS, onde são resolvidos grande parte dos problemas que levam alguém a buscar atendimento”, ressaltou.

“Com esse recurso de quase 3 milhões de reais, em breve vamos entregar mais duas unidades básicas à nossa zona rural e outras duas unidades serão reformadas. E seguiremos trabalhando, a cada dia, para melhorar mais ainda o atendimento em saúde primária a fim de proporcionar qualidade de vida para a população”, acrescentou o prefeito Eduardo Braide.

O secretário de Saúde de São Luís, Joel Nunes, também agradeceu a presença da equipe, lembrando que essa é a terceira visita da pasta desde o início da gestão Eduardo Braide, em um ano e dois meses. “Esse recurso e demais benefícios destinados pelo Ministério da Saúde a capital é um reconhecimento ao trabalho que nós temos executado para garantir uma saúde com mais dignidade a todos os ludovicenses”.

Conforme pleito da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), os recursos que estão sendo destinados pelo Ministério da Saúde a São Luís são para a construção de uma UBS de porte III na comunidade Tibiri, e outra de porte IV, no Residencial Ribeira. Cada uma delas vai custar, conforme projeto já elaborado pelo município, R$ 1.166.000,00 e R$ 1.331.000,00, respectivamente.

De acordo com o secretário nacional da Atenção Primária em Saúde, Rafael Parente, São Luís foi ágil em pleitear os recursos para a construção das duas UBS e o Ministério da Saúde não poderia deixar de conceder os recursos, haja vista o fortalecimento da atenção primária que tem pretendido o Governo Federal. “O que a gente quer, hoje, é fomentar a atenção básica do país, sem olhar partidário”, concluiu.

Estiveram presentes, também, durante o evento de oficialização da parceria entre o Município e o Governo Federal para a construção e reforma de unidades básicas de saúde, a vice-prefeita da capital, Esmênia Miranda; o superintendente do Ministério da Saúde no Maranhão, Antonio Banhos Neto e coordenadora Geral de Prevenção de Doenças Crônicas e Controle do Tabagismo, Patrícia Lisboa Izetti Ribeiro.

Fotos: Divulgação

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo