IMPERATRIZ

Cadê as autoridades municipal e estadual que elogiavam Rayssa Leal durante as Olimpíadas?

Em Imperatriz-MA, Skatistas fazem mutirão para tampar buracos na pista de treinamentos

A repercussão é grande e negativa demais para a Prefeitura de Imperatriz, mas o descaso com as praças esportivas por falta de manutenção é algo comum por aqui. Diria até que essa é uma vergonha mundial…

A medalhista olímpica Rayssa Leal e outros skatistas da cidade tiveram que colocar a mão na massa para arrumar a “buraqueira” que toma conta da pista de skate, na Praça Mané Garrincha.

O local onde treina a medalhista Rayssa Leal e outros muitos atletas da cidade está totalmente abandonado e além dos buracos sofre com a iluminação precária.

Na última segunda-feira, Rayssa Leal comandou um mutirão para tapar os buracos na pistas.

“Infelizmente nada muda, essa é a situação da nossa pista. Só quem anda de skate sabe que um buraco desses pode causar uma ida ao hospital”, afirmou Rayssa Instagram.

A medalhista olímpica disse que cansou de esperar que a Prefeitura de Imperatriz faça melhorias na pista.

“Mutirão dos skatistas para tapar os buracos da pista, cansamos de cobrar e esperar”, disse Rayssa.

A repercussão foi tão negativa que a Prefeitura de Imperatriz já anunciou que fará uma reforma geral na pista a partir da próxima semana, mas foi necessária que a medalhista olímpica fizesse a reclamação nas redes sociais.

Aliás, vale À pena perguntar sobre a situação do estádio Frei Epifânio D’Abadia que foi fechado por conta da queda da cobertura do setor de cadeiras e não há previsão para solução do problema. Por conta disso, o Imperatriz terá que enfrentar o Fluminense-PI, pela pré-Copa do Nordeste, no Estádio Castelão, em São Luís.

Esse descaso com as praças esportivas é a mais clara manifestação da falta de política para o esporte.

Por Zeca Soares

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo