PERSONALIDADE

Câmara Municipal de São Luís retoma as atividades presenciais na segunda-feira (3)

O retorno deve-se à diminuição dos casos de Covid-19 na capital. Mesmo assim, a Casa continuará seguindo com rígidos protocolos sanitários

A Câmara Municipal de São Luís retomará às atividades presenciais na segunda-feira, dia 3 de maio. Mesmo com a volta, a Casa continuará seguindo todos os rígidos protocolos sanitários para evitar contaminações pelo novo coronavírus.

Dessa forma, será feito um retorno gradativo às atividades, em virtude da diminuição dos casos de Covid-19 na capital maranhense. A circulação de pessoas nas dependências do Palácio Pedro Neiva de Santana, sede do legislativo municipal, seguirá restrita para que sejam evitadas as aglomerações.

Além disso, continuará sendo feita a aferição da temperatura de todas as pessoas que ingressarem na Câmara. Os pontos de álcool em gel também estarão à disposição para que os servidores, parlamentares e visitantes possam higienizar as mãos.

Atividades – Segundo o presidente do parlamento, vereador Osmar Filho (PDT), serão realizadas duas sessões semanais de forma híbrida, neste primeiro momento de retorno das atividades. Isso significa que, enquanto uns vereadores estarão no plenário da Casa, outros parlamentares, principalmente aqueles pertencentes a grupos de risco, atuarão por meio do Sistema de Deliberação Remota.

“O acesso será restrito e todas as medidas que visam proteger os vereadores, servidores e visitantes, serão adotadas a fim de preservar o que temos de mais valioso, que é a vida”, destacou o vereador Osmar Filho. Ele afirmou ainda que, à medida que os casos de Covid-19 forem diminuindo, as atividades presenciais avançarão.

Produtividade – Mesmo com as atividades presenciais suspensas há quase dois meses, a Câmara Municipal de São Luís manteve o seu funcionamento de forma remota. Os servidores da Casa estavam realizando as suas atividades no formato home office e as sessões legislativas seguiram acontecendo virtualmente.

Nesse sentido, o trabalho da Casa em nenhum momento foi prejudicado. Prova disso foi a votação de importantes projetos de lei que versavam sobre o combate ao coronavírus na capital maranhense, o auxílio aos profissionais de saúde que estão no enfrentamento diário do vírus, e a assistência à população ludovicense neste momento de pandemia.

Por Leandro Santos

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo