POLÍCIA

Caso João Bosco: Brandão entra em contradição ao tentar defender o sobrinho do caso

Governador do Maranhão se complica, deixa a Polícia Civil em situação de descrédito e não explica nada

Nesta terça-feira (27) houve o último debate antes das eleições deste domingo (02/10), na TV Mirante, com os candidatos a Governador do Maranhão, no intuito de debater propostas e soluções para os problemas do Estado.

Diante de todas as perguntas feitas e como o debate foi acontecendo, de forma sucinta, a pauta que mais chamou atenção dos telespectadores foi novamente o assunto sobre Daniel Brandão, o sobrinho do atual Governador Carlos Brandão, está presente na cena do crime da morte de João Bosco.

“Mandamos apurar prontamente, e em dois dias o assassino estava preso, não houve envolvimento dele [Daniel]. Ele apenas passou no local, o vereador Beto o chamou, sentou na mesa e demorou dois minutos, falou dois minutos sobre política, pesquisa, foi para uma reunião no gabinete do deputado Márcio Jerry”, disse Brandão.

“A secretaria de educação mandou pagar o processo porque foi autorizado e determinado pelo Ministério do Trabalho”, finalizou Brandão.

Sendo que até então a verdade é que Gilbson se livrou o flagrante e se apresentou 10 dias depois do crime. Daniel ligou para o Gilbson marcou o encontro e intermediou a conversa e sentou com eles.

Daniel falou sobre propina, segundo os depoimentos, isso ainda é uma dúvida. O deputado Márcio Jerry foi procurado e não atendeu o telefone para confirmar.

Primeiro que o Ministério Púbico dá parecer e recomenda. Não pode exigir pagamento. Ainda é impossível porque a empresa estava inapta e não poderia receber.

O interessante é se perguntar como Brandão sabe os detalhes do inquérito se está em segredo de Justiça? E por que o nome do sobrinho foi ocultado todo esse tempo? Se a imprensa não tivesse descoberto, isso seria jogado para debaixo do tapete.

Por Clodoaldo Corrêa

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!!!