POLÍTICA

Detinha emite nota de esclarecimento sobre processos na Justiça Federal

Candidata a deputada federal pelo PL, esposa de Josimar desmonta os fake news que circulam na mídia

A deputada estadual e candidata a deputada federa pelo Partido Liberal (PL), Detinha, esposa do deputado federal Josimar de Maranhãozinho, divulgou na tarde desta quinta-feira (01/09), Nota de Esclarecimento visando mostrar a verdadeira versão sobre as fake news que circulam em blogues. Veja a nota abaixo.

                                                              NOTA DE ESCLARECIMENTO

Em virtude de publicações jornalísticas com informações incoerentes e errôneas sobre processos que tramitam na Justiça Federal, a assessoria da deputada Detinha faz alguns esclarecimentos para que se restabeleça a verdade dos fatos, equivocadamente divulgados na imprensa.

1 – Ao logo de sua vida pública, tanto como prefeita de Centro do Guilherme quanto deputada estadual, Detinha nunca foi condenada por órgão colegiado – o que, em tese, poderia causar sua inelegibilidade.

2 – A Lei da Ficha Limpa (Lei Complementar 135/2010), em seu artigo 1º, I, “e”, considera inelegíveis, os que forem condenados, em decisão transitada em julgado ou proferida por órgão judicial colegiado, desde a condenação até o transcurso do prazo de 8 (oito) anos após o cumprimento da pena.

3 – A assessoria esclarece que, diferentemente do noticiado pela mídia, a deputada não está inelegível. No entanto, desde que anunciou sua candidatura à Câmara Federal, ela vem sendo vítima de fake news visando prejudicar o processo democrático.

4 – A parlamentar informa ainda que tomará as providências judiciais, pois no período de eleição, cabe à Justiça Eleitoral averiguar essa prática criminosa. No âmbito da Justiça Comum, entretanto, os que difundem fake news poderão ser responsabilizados por crimes contra a honra.

5 – Por fim, esclarecemos ainda que a divulgação de fake news costuma tomar grandes proporções durante as eleições, mas o combate à desinformação deve ser um compromisso de todos os cidadãos, principalmente, da imprensa séria e comprometida com os fatos e com a ética jornalística.

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!!!